Correio Braziliense
  • RSS RSS
  • Você está em
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Arquiteta mostra como decorar quitinetes sem perder a funcionalidade

CorreioWeb - Lugar Certo

Publicação: 13/08/2010 09:56 Atualização:

13/08/2010 - A tendência imobiliária é a construção de apartamentos cada vez menores. Um dos motivos é que pessoas que moram sozinhas ou não têm filhos - e ficam pouco tempo em casa - priorizam um apartamento de pequenas proporções. As quitinetes acabam sendo a melhor opção em custo-benefício, devido ao preço, à proximidade com o centro de Brasília e à facilidade na manutenção de um local pequeno.

A grande dificuldade acaba sendo conseguir mobiliar e decorar espaços tão pequenos, para que fiquem aconchegantes e funcionais. Pensando nisso, a arquiteta especialista em design de interiores, Thaciana Silveira, dá dicas de como aproveitar melhor, esses ambientes, sem perder as características do morador.

Segundo a arquiteta, o importante é estar atento às necessidades dos moradores com relação, por exemplo, a quantidade de armários. “Uma solução para quem precisa guardar muitas coisas é utilizar as divisões da quitinete para embutir os armários e nichos de forma útil”, diz.

Thaciana destaca que não é possível fazer milagres. “É preciso conscientizar o morador do espaço que ele possui e tentar deixar o ambiente leve, com equilíbrio nas proporções. Os móveis planejados tornam o ambiente mais funcional”, explica a arquiteta ao orientar que as cores também devem ser usadas com bom senso. De acordo com ela, cores claras caem melhor na mobília e tons mais fortes e coloridos apenas em detalhes, como almofadas, fundo de nichos e mesas laterais.

Para aumentar a sensação de amplitude nas quitinetes a arquiteta recomenda utilizar materiais reflexivos, como espelhos, vidros e porcelanato no piso polido. “Esses materiais ajudam a aumentar os espaços e podem ser usados atrás do sofá, em portas de correr, nos painéis divisórios e nas portas dos guarda-roupas”, afirma.

Para quem mora em uma quitinete alugada, as dificuldades são ainda maiores. As restrições quanto às mudanças estruturais e a mobília existente no apartamento complicam a produção da decoração. Para amenizar esses problemas, Thaciana aconselha investir em peças e móveis com rodízios, como mesinhas e pufes. Assim, quando o morador for embora, ele pode levar seus objetos de decoração.

Outro recurso que pode fazer diferença, segundo Thaciana, é o uso de adesivos e de móveis versáteis para organizar objetos. “Trabalhar com adesivos é um investimento barato, moderno e que muda totalmente o visual. Prateleiras móveis também são boas soluções para quem precisa guardar muitas coisas”, garante Thaciana. Outra possibilidade é a mudança na iluminação com o uso de abajures laterais, que dão um toque mais intimista. “Uma boa iluminação é indispensável para ambientes pequenos”, conclui a profissional.

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »