Espelho, espelho meu: incorporar espelhos na decoração traz harmonia

Com planejamento e cuidado, é possível dispor espelhos em diversos ambientes e transformar a composição

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/07/2013 08:00 / atualizado em 11/07/2013 16:06 CorreioWeb /Lugar Certo
Aproveitados para causar a sensação de amplitude, os espelhos podem também favorecer a claridade e a estética - Divulgação/Westwing Aproveitados para causar a sensação de amplitude, os espelhos podem também favorecer a claridade e a estética
 
Aproveitados para causar a sensação de amplitude ou trabalhar a redução de grandes espaços, os espelhos podem também favorecer a claridade e a estética. A necessidade de dispô-los de forma estratégica, se dá pela grande influência e impacto que o objeto pode causar no ambiente. Usado em banheiros, halls de entrada, salas de estar e jantar, quartos e closets, o objeto além de utilitário pode causar efeitos distintos em ambientes de tamanhos diversos.

Divulgação/Westwing
Em ambientes de espaço reduzido, a aplicação deve ser perpendicular ao chão, formando um ângulo de 90 gruas, aplicado na metade superior da parede ou nela toda. Já em ambientes em que não há necessidade de preocupação com a amplitude, pode-se investir na criatividade na hora da disposição o objeto.

A sensação de profundidade e propagação da luminosidade proporcionada pelos espelhos pode compor os ambientes mais inusitados, como cozinhas, que podem incorporar o objeto através de pastilhas espelhadas. A opção tira a sensação de confinamento de cozinhas pequenas e oferece uma alternativa para aumentar a claridade e ampliar o cômodo, levando em consideração também, o valor estético da peça.

Espelhos venezianos estão em alta e ficam bem se contrastados com peças contemporâneas. O contraste pode se estabelecer também com uma parede de cimento queimado ou de tijolos aparentes, fugindo de uma estética completamente vintage ou moderna. “Outro modelo de bastante procurado são os em bronze, que proporciona requinte ao ambiente” afirma João Rafael de Paula, arquiteto e designer de interiores.

O arquiteto também alerta para os excessos, “com a grande procura de espelhos na excussão de projetos, muitos tendem ao exagero. O perigo em investir em muitos espelhos em um mesmo ambiente está em mostrar aquilo que se quer esconder. O espelho pode passar de aliado a vilão da decoração”, finaliza o arquiteto.
 
Divulgação/Westwing
 

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016