Decorar imóveis pequenos requer atenção para garantir espaços confortáveis

Práticos e versáteis, os imóveis de metragens reduzidas oferecem diferentes configurações harmônicas e funcionais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 06/02/2014 08:00 / atualizado em 31/01/2014 10:46 CorreioWeb /Lugar Certo
Aproveitar bem o espaço reduzido e decorá-lo com conforto é uma tarefa que exige atenção e bom senso - Reprodução Internet/Menina Moderna Aproveitar bem o espaço reduzido e decorá-lo com conforto é uma tarefa que exige atenção e bom senso
 
 
Cada vez mais em voga, os valores de praticidade e desapego fazem com que seja mais comum optar por imóveis de metragem reduzida. As vantagens são a facilidade na manutenção e limpeza, tornando atividades do dia-a-dia mais práticas. No entanto, aproveitar bem o espaço reduzido e decorá-lo com conforto é uma tarefa que exige atenção.

Demarcar setores é fundamental para manter a organização - Reprodução Internet/Menina Moderna Demarcar setores é fundamental para manter a organização
Adaptações e bom senso garantem conforto neste tipo de imóvel. Para o arquiteto Bruno Veras, uma boa saída é a inclusão de cores claras, com pequenos detalhes em tons vibrantes ou revestidos com papel de parede. “Cor clara é sempre bem-vinda, pois não sufoca, não chama atenção e a paleta neutra se harmoniza bem no espaço”, explica Bruno.

Outra solução é o uso do espelho e de objetos de decoração em vidro, já que conferem amplitude aos espaços. Segundo Bruno, eles proporcionam leveza e dão glamour às ambientações. “No entanto, para usá-los bem, o segredo está no posicionamento. Posicionar um espelho de frente para o outro, por exemplo, provoca uma sensação de infinito que não é agradável aos olhos”, ressalta.

O arquiteto explica que o posicionamento ideal dos espelhos é para que possam trazer alguma paisagem para dentro do ambiente. “Outro truque é posicionar o espelho na dimensão comprida de uma sala, ou na parede onde haja mesa de jantar, atrás de algum aparador”, sugere Bruno.

Além da decoração, existem truques da arquitetura que podem favorecer cada metro quadrado do imóvel. Em um projeto de 58 m², Bruno conseguiu dar amplitude ao quarto de casal com um mini-closet. “O ambiente será construído em um espaço no corredor de entrada do quarto, possibilitando aos moradores um cômodo visualmente mais arejado sem a presença do guarda-roupa”, acrescentou.

No projeto, Bruno também integrou a cozinha com a sala. “A tendência veio com força total porque enriquece em espaço e beleza, além de gerar profundidade visual”, completou. Outra dica é fazer uma separação visual dos ambientes. “Isso pode ser feito simplesmente com o uso de móveis característicos em cada espaço, tornando os setores bem demarcados”, finaliza.
 
Reprodução Internet/Além de mim
 

Tags: design

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016