Efeitos decorativos criam sensações e proporcionam ambientes personalizados

Papéis de parede 3D enganam os olhos com seus padrões diferenciados e proporcionam uma decoração autêntica

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 10/03/2014 10:30 Juliana Contaifer /Correio Braziliense
Bege e marrom harmonizam o ambiente que tem como destaque o papel de parede 3D que imita renda - Haruo Mikami/Divulgação Bege e marrom harmonizam o ambiente que tem como destaque o papel de parede 3D que imita renda
 
 
O papel de parede é sempre uma boa opção para quem quer mudar a decoração de um cômodo. Práticos, basta escolher uma boa estampa que realce o ambiente. A aplicação é rápida e não exige que o cômodo seja interditado, como acontece em um dia de pintura. A grande novidade em papéis de parede são aqueles que carregam estampas em terceira dimensão, enganando o olhar.

Existem dois tipos de estampas no revestimento 3D: aquele que imita uma superfície texturizada, como uma parede de tijolos ou madeira de demolição, por exemplo, e aquele que cria uma ilusão de ótica e profundidade na parede. “É interessante, pois pode ser usado em qualquer parte da casa, já que existem muitos tipos e nuances diferentes”, conta a design de interiores Patrícia Tavares. Dá para aplicar até na cozinha — alguns papéis de parede fazem as vezes de azulejos coloridos.

“É uma boa opção para as pessoas mais contemporâneas, descoladas e descontraídas”, afirma Patrícia. Segundo a design de interiores Manuella Garcia, realmente não é todo tipo de cliente que aceita esse acabamento, pois a parede se torna chamativa, em vez de mera “moldura” do ambiente. “Normalmente, esse tipo de decoração combina melhor com quem está ligado nas novidades do mercado”, conta Manuella.

A decoração do cômodo que recebe o papel de parede 3D deve ser minimalista, simples, para não disputar o olhar. Vale agregar uma ou outra peça forte. E só. Um ambiente cheio e com papel de parede 3D chamativo pode ser percebido como kitsch muito facilmente. “A dica é partir do papel para o resto da decoração, neutralizando as outras paredes e mesclando outros objetos com calma”, afirma Manuella.

A aplicação do papel de parede 3D precisa de bastante atenção. Se mal colado e cortado, a ilusão de ótica se perde. O ideal é contratar um aplicador experiente para que a parede atinja o visual desejado. “A parede precisa estar preparada (lixada, com uma mão de massa e uma de tinta). Se não for assim, o papel se abre e não fixa. Se o cliente escolhe por aplicar o revestimento sobre uma parede de fórmica ou de azulejos, não funciona, é preciso prepará-la antes”, explica Nelma Caixeta, especialista em papéis de parede. Ela conta que, hoje em dia, existem tipos que mimetizam qualquer espécie de textura e padrão e, para limpar, os 3D exigem apenas um pano úmido limpo, sem nenhum tipo de produto químico que possa danificar o papel.
 
Frank Carvalho/Divulgação
 

Tags: decoração

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016