Granito se destaca pela força estética que provoca em todos os ambientes

Imponente, o granito é sinônimo de beleza e agrega peso em qualquer decoração, com diversos tons de cores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 27/05/2014 08:00 / atualizado em 27/05/2014 08:45 Lilian Monteiro /Estado de Minas
Divulgação/Arquivo Pessoal


Muitas vezes, seu nome deriva de sua cor ou de onde fica a jazida. Madrepérola, carajás, coliseu, golden persa, ouro romano, black martinica, green jade... Imponente, o granito é sinônimo de beleza e agrega peso em qualquer decoração. Se em ambientes empresariais transmite sobriedade e solidez, em residências valoriza a estética, causa impacto e oferece imponência alinhado à praticidade do mundo contemporâneo.

A arquiteta Fernanda Sperb, do escritório Fernanda Sperb Arquitetura Interiores, reforça que o granito está amplamente presente na construção em geral. Pela sua resistência, suportando variações de temperatura, é largamente usado em monumentos, obeliscos e túmulos. E pelo requinte e nobreza é escolha certa para revestimento de fachadas, pilares, pisos, bancadas e banheiros.

O granito tem incrível variedade de cores. Dos mais claros aos escuros, pretos. Escolher a tonalidade certa depende da decoração, estilo e ambiente. “A cor do granito pode complementar o estilo de decoração de uma cozinha. Aparelhos de aço inoxidável elegantes combinados com bancadas pretas e brilhantes podem realçar uma decoração contemporânea. Cores claras normalmente são usadas em ambientes menores, já que ampliam, bem como naqueles que precisam ter aspecto de limpeza, como hospitais, clínicas etc.”

Fernanda Sperb criou um projeto arrojado para uma cozinha de 15 metros quadrados. “Escolhi o granito preto São Gabriel polido pela estética, já que ele foi combinado, como os eletrodomésticos de inox e madeira de demolição para que a cozinha tivesse um aspecto moderno. As paredes foram revestidas com a pedra até certa altura. Depois entrei com o vidrotil branco para não escurecer o ambiente. Nos armários também foi usado revestimento preto. O resultado final ficou moderno e sofisticado.” A arquiteta lembra que o granito preto polido não suja mais que os claros, já que todo material polido é de fácil manutenção. Seria difícil de limpar se ele fosse flameado ou levigado (esses acabamentos são usados quando desejamos que o material não fique escorregadio).
Divulgação/Brasigram


A arquiteta conta que o granito cai bem tanto em áreas internas quanto externas. “Nas internas, são usados com acabamento polido em pisos e bancadas por facilitar a limpeza e manutenção. Nas áreas externas, podem ser usados os flameados, apicoados, levigados, acabamentos interessantes porque não são escorregadios. Além disso, deixam o material mais interessante, com aparência fosca, que fica superbacana em pilares e fachadas, por exemplo.”

Fernanda não recomenda a pedra como base de mesa porque “o material é pesado, e, como é mais manchado, compromete o restante da decoração”.

Branco

Sinônimo de luxo, o granito branco realça, amplia e deixa o ambiente chique e clean. Renata Malenza, diretora de Marketing da Brasigran, empresa que opera no mercado de processamento de granito desde 1997 e tem apoio e parceria da Mineração Corcovado, especializada na extração de materiais exóticos e exclusivos de suas jazidas próprias e há 20 anos exporta blocos de granito para a Europa e Ásia, reforça que “não há dúvidas de que o granito em tons de branco tornou-se sinônimo de sofisticação e tem agradado àqueles que buscam inovação em decoração. Por ser um tom neutro, a peça é versátil e permite criar ambientes clássicos ou ousados”. Ela destaca que, quando combinadas com tonalidades mais fortes, o cômodo ganha um design mais descontraído. Mantendo a neutralidade nas demais ornamentações, o mesmo espaço adquire um estilo minimalista e moderno.

Tags: brasil

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016