Arquiteta projeta casa funcional e sustentável em 55 m²

As paredes laterais são feitas de vidro e todo o espaço é otimizado; imóvel deve custar a partir de R$ 70 mil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 01/01/2015 08:02
Pod-indawo/Reprodução


Casas pequenas e sustentáveis estão se tornando uma alternativa cada vez mais atraente para os problemas da vida urbana. Pensando nisso, a arquiteta Clara da Cruz Almeida, de Joanesburgo, desenvolveu um lar que, apesar de pequeno, tem tudo que uma pessoa precisa.

Segundo o Bussiness Insider, ela projetou e construiu uma casa de 55 m² que se adequa perfeitamente ao clima da África do Sul. Batizada de INDAWO / lifePOD, a casa tem tetos altos, o que permite o armazenamento de objetos nas paredes, além de uma cama em uma espécie de mezanino. A intenção é que a parte de baixo seja usada principalmente como uma cozinha.

Clara ainda trabalhou com a empresa de design de interiores Dokter and Misses para fazer sofá e mesa dobráveis. Ela diz que, com o projeto, pode-se economizar muito dinheiro, graças à utilização eficiente do espaço. As paredes laterais são feitas de vidro, o que permite a entrada de luz, para gastar menos energia.

Pod-indawo/Reprodução


A criadora espera que as pessoas vejam o projeto como um novo modelo de casa própria e não como uma casa de quintal para convidados. A ideia é que ela seja extremamente acessível, custando entre US$ 18 mil e US$ 63 mil (R$ 71 mil e R$ 248 mil, respectivamente).

Pod-indawo/Reprodução


Com informações do ArchDaily

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016