Projeto constrói casas de concreto inflado que custam até 3,5 mil dólares

Modelo de moradia também é mais resistente a desastres naturais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 16/01/2015 08:04 / atualizado em 15/01/2015 12:57 CorreioWeb /Lugar Certo


Desenvolvido na década de 60, casas construídas em formato de cúpula são resultado de um tipo de edificação  pouco comum nos dias de hoje. Contudo, o método poderá ser usado como alternativa para projetos de abrigo a refugiados e habitação de baixo custo.

Conhecida como Binishell, o projeto consiste primeiramente em inflar balões para servirem como fôrma. Por cima delas é colocado o concreto e o restante dos materiais.

Leia mais notícias em Decoração




Nesse modelo de habitação, são integrados sistemas que reduzem o consumo de energia em até 75% comparado os métodos tradicionais. Além disso, é necessária uma quantidade menor de materiais, havendo redução de custo tanto ambiental quanto financeira. A empresa avalia que a residência mais simples custaria não mais que 3.500 dólares.

Contra desastres naturais


O projeto também permite criar uma estrutura resistente aos desastres naturais, e sugere a criação de telhados verdes, como solução para melhorar o conforto térmico e acústico das residências.

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016