Criar ambientes para o relaxamento em casa traz sensação de bem-estar e quebra a rotina

A arquitetura e o design são aliados para transformar os pequenos prazeres cotidianos no melhor remédio para enfrentar os problemas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 03/02/2015 08:45 / atualizado em 03/02/2015 12:53 Hellen Leite
Daniel Mansur/Divulgação


Nada melhor que ter um espaço reservado em casa para desacelerar e recarregar as energias para encarar o trabalho e o estudo. Nessa hora, arquitetura e o design são aliados para transformar os pequenos prazeres cotidianos no melhor remédio para renovar o ânimo, criando elementos na morada que são capazes de aliviar as tensões do dia a dia.

Daniel Mansur/Divulgação


“A arquitetura, como ferramenta que concebe o espaço, tem como princípios básicos alguns fatores que contribuem muito para uma vida mais plena e menos estressante. Ambientes amplos, com maior intensidade de luz e ventilação naturais, por exemplo, ajudam a trazer a sensação de bem-estar”, afirma a arquiteta Estela Netto. Antes de tudo, continua, é preciso considerar que a situação de relaxamento surge diferente para cada um, o que dá a primeira direção ao projeto. “Para algumas pessoas, praticar esporte é o que faz relaxar, portanto, a criação de um espaço fitness é oportuna. Para outras, cozinhar é o que descontrai, e ter uma área gourmet se faz necessário.”

Henrique Queiroga/Divulgalção


Um spa, ofurô, hidromassagem, banheira, cama de massagem, poltrona para leitura, uma rede ou espreguiçadeira, cita o arquiteto Luís Fábio Rezende de Araújo, são itens que chamam a intervalos de calmaria e tornam o lar mais gostoso e atraente, ainda mais diante da tão tumultuada rotina moderna. Uma dica interessante é compor cômodos destinados aos hobbies dos moradores, como cinema, música, pintura, jogos, culinária, costura, entre outros. “Seja ler um livro, passar minutos imerso na banheira, ver televisão, ou até mesmo receber convidados, depois de identificar o que realmente lhe dá prazer ou te faz distrair, o próximo passo é formar o lugar para colocar em prática esses desejos. Ambientes talvez sem utilidade podem virar o espaço ideal para o relax.”

Daniel Mansur/Divulgação


Reunir-se com a família para as refeições, cozinhar para os amigos, tomar um banho, meditar, escutar música, assistir um filme, desfrutar uma piscina, apreciar um vinho ou mergulhar em um livro são singelas coisas do dia a dia que representam uma chance de desanuviar. A casa nos dá várias oportunidades de parar um pouco, e tem opção para todos os gostos, acrescenta Luís Fábio. “Em espaços na sala ou no quarto, cabe um cantinho da leitura, com uma boa poltrona, uma mesa de apoio e a iluminação certa. Também dá para fazer salas de banho ou massagem junto ao banheiro, em um dormitório sem uso, ou mesmo na varanda. Há, por exemplo, quem busque seus momentos de leveza através das orações, então, só de ter um oratório em um recanto especial é uma maneira de relaxar.”

Leia mais notícias em Decoração

Daniel Mansur/Divulgação


AUTOMAÇÃO


O importante é investir o tempo no que gera bem-estar, complementa a arquiteta Ana Lívia Werdine. “O estilo de viver e o gosto dos clientes vão indicar quais ambientes privilegiar em um projeto para proporcionar mais qualidade de vida.” Quando o pedido dos moradores tem esse rumo, geralmente a especificação deve ser, frisa Ana Lívia, por uma luz indireta, pela inserção da natureza dentro do imóvel (como paredes de pedra, vasos de planta e espelhos d'água), por cores mais neutras e claras, pouca informação de materiais, e pela escolha de tecidos agradáveis e móveis ergonômicos. “A automação é outra forte parceira quando se trata de dar uma pausa, pois permite conceber um clima mais intimista ao produzir cenas de iluminação e som. Também é interessante a aplicação de esquadrias e vidros acústicos, se o local for muito barulhento”, cita.

Daniel Mansur/Divulgação


A percepção de aconchego no lar pode nascer ainda de soluções simples da decoração, pontua a designer de interiores Iara Santos. Chaises macias e sofás folgados em um convidativo deck ou na varanda, uma rede de algodão para deitar e contemplar a lua, ou apenas eternizar o ócio. “O design mais leve, porém funcional, com um mobiliário sofisticado, gera conforto, comodidade e restaura as energias daqueles que têm a rotina cheia de compromissos. Uma pessoa mais relaxada é mais criativa e empenhada com os desafios profissionais”, comenta.

Daniel Mansur/Divulgação


Para quem anda estressado, cansado demais e aproveitando a vida de menos, Estela Netto finaliza com a seguinte mensagem: “A melhor vista, a melhor cadeira, o melhor cantinho já estão aí dentro do seu espaço e estão loucos para se mostrar a você. Deixe sua casa lhe mostrar.”

Ana Lívia Werdine/Divulgação

Divulgação
 

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016