De lustres a azulejos, cristais ganham mais espaço no décor

Cheio de brilho, luminosidade, delicadeza e glamour, essa pedra ganha espaço e passa a aparecer em outros elementos além de lustres e luminárias. Tudo para deixar a decoração mais luxuosa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 18/03/2015 08:06 / atualizado em 17/03/2015 19:26 CorreioWeb /Lugar Certo
Como os lustres de cristal são sempre muito imponentes, as profissionais recomendam que os demais elementos do décor sejam mantidos mais neutros - Daniel Mansur/Divulgação
Como os lustres de cristal são sempre muito imponentes, as profissionais recomendam que os demais elementos do décor sejam mantidos mais neutros


Com beleza singular e fascinante, o cristal sempre encantou e despertou a curiosidade do homem. Rodeada por forte misticismo, essa pedra preciosa já foi considerada fonte de cura e equilíbrio mental e espiritual. Mas descobriu-se também que além das crenças, o cristal possuía uma capacidade especial de transformar vibrações mecânicas em sinais elétricos. A partir daí ele foi inserido como peça importante para funcionamento de ferramentas como relógios, radares, televisão e chips de computadores.

Por causa da beleza imponente e hipnotizante, o cristal também sempre foi muito utilizado nas residências como símbolo de luxo e poder. Mesmo assim, seu uso era restrito aos lustres. Agora, a pureza, o brilho e a perfeição desse quartzo ganha mais destaque nas moradoras ao ser aplicado em outros produtos e adornos.

Leia mais notícias em Arquitetura e Decoração

Daniel Mansur/Divulgação


A arquiteta Estela Netto lembra que o cristal é um clássico na decoração: “Tanto em projetos comerciais quanto residenciais, as luminárias e adornos de cristal são sempre a melhor opção para se alcançar um visual mais suntuoso, clássico e atemporal”. A profissional, no entanto, faz um alerta: “O cristal carrega em si um requinte muito grande, porém, se a peça não dialogar com os outros elementos do espaço pode deixá-lo over, vulgar”.

Admiradora dessa pedra, a designer de interiores Iara Santos destaca como é possível utilizar o cristal de formas diferentes: “Os cristais podem ser vistos tradicionalmente em lustres, mas aparecem também em puxadores, suporte de toalhas, azulejos, papel de parede e acessórios de banheiro”.

As profissionais salientam que o cristal pode ser especificado em qualquer ambiente do lar, mas aconselham a não utilizar a pedra na cozinha. “O cristal não é indicado para as cozinhas por que sua higienização é mais difícil e isso o torna menos funcional nesse espaço”, explica Estela.

Daniel Mansur/Divulgação


Iara acrescenta outras dicas para quem quer lançar mão dessa pedra no lar. “Não é indicado utilizar produtos abrasivos na limpeza dos cristais. Na hora do escolher qual cristal vai compor o décor da morada, dê prioridade para os swarovski que, apesar de serem conhecidos por sua delicadeza, são mais resistentes”, ensina.

As profissionais encerram com uma observação importante. “O cristal é um elemento de destaque no ambiente. Sendo assim, ao usar esse recurso, é preciso usar os demais elementos com características mais neutras para não pesar o layout”, instrui a arquiteta e a designer.

Daniel Mansur/Divulgação

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016