Galeria representa evolução da cidade de Curitiba em espaço na Casa Cor 2015

Objetos utilizados na época mostram a história dos curitibanos sob o ponto de vista dos moradores que construíram uma história na cidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 30/06/2015 09:05 / atualizado em 29/06/2015 17:04 CorreioWeb /Lugar Certo
Divulgação


A evolução da cidade de Curitiba retratada por meio dos objetos mais utilizados até a década de 1950 nas residências locais é o objetivo de uma galeria montada na Casa Cor Paraná 2015. O objetivo é mostrar a história sob o ponto de vista dos moradores que construíram uma história na capital paranaense.

Leia mais notícias em Arquitetura e Decoração

O ambiente Galeria Retrô - O que Curitiba nos deu, montado pela designer e arquiteta Katalin Stammer, com a participação especial de alunos do curso de Design de Interiores do Centro Europeu, apresenta peças modernas, para representar o avanço tecnológico. “Com todas estas linhas apontando para o mesmo objetivo, esse tema busca a identidade do curitibano, regatando suas raízes além de quebrar paradigmas”, explica Katalin.

Divulgação
Para garantir o aconchego no espaço, a profissional utilizou tapetes persas iranianos com sobreposições. Pufes de mármore, com volumes irregulares multifacetados e com iluminação interna, garantem a modernidade à galeria. Além disso, um jardim suspenso foi utilizado para trazer harmonia e representar a qualidade de vida que a capital oferece até hoje.

Painéis com imagens e objetos resgatam o passado e as lembranças dos antigos moradores de Curitiba. “Além disso, deixamos aparente parte da estrutura da fábrica, local onde a Casa Cor Paraná 2015 foi implantada, para que as pessoas conheçam um pouco de sua história”, lembra a arquiteta. A entrada ainda conta com uma imagem da fotógrafa Charly Techio, com a intervenção do artista Olho Wodzynski, que representam mudanças sofridas pela cidade. “Para completar, as pedras iluminadas no início e fim da galeria apresentam linhas clássicas bem conhecidas e utilizadas pelos curitibanos, assim como o piso vinílico que remete as características de moradias da época”, finaliza Katalin.

A 22ª Casa Cor Paraná acontece até 9 de agosto, no Espaço A Fábrika (Rua Fernando Amaro, 60) no bairro Alto da XV. Os espaços permanecem abertos para visitação de terça a sexta, das 15 às 21h; aos sábados, das 13 às 21h; e aos domingos, das 13 às 19h. Mais informações no site www.casacor.com.br/parana/.

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016