Madeira natural leva aconchego e proximidade com a natureza para dentro de casa

Arquitetos afirmam que optar pela madeira natural é a melhor opção para quem quer passar uma ideia de aconchego e conforto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 28/09/2015 14:12 CorreioWeb /Lugar Certo
Reprodução/Pinterest


Ela é considerada clássica e rústica, mas cada vez mais vem ganhando espaço em todo tipo de projeto e estilo. A madeira tem ganhado visibilidade na arquitetura nos últimos anos devido a sua beleza, elegância e durabilidade incontestáveis. Usá-la é ter um coringa, já que combina com qualquer tipo de decoração.

Para Celso Braga Junior, proprietário da Casa Bem Mais, "uma das grandes vantagens da madeira é a grande variedade de cores nas quais ela pode ser encontrada, ainda em seu aspecto natural. Cada espécie de árvore tem características próprias que dão tonalidades diferentes para cada tipo de madeira, o que torna o material ainda mais interessante para o uso na decoração".

Para a arquiteta Priscila Montebelo Helena, optar pela madeira natural é a melhor opção para quem quer passar uma ideia de aconchego e conforto aos ambientes. "A madeira tem como característica a neutralidade de composição. De fácil harmonização nos ambientes, ela traz aconchego e conforto e também possui características térmicas, aquecendo os ambientes. Tem amplas possibilidades de texturas e cores e grande flexibilidade do material. Possui alto teor de absorção de água, então não é muito aconselhável seu uso em locais úmidos".

Leia mais notícias em Arquitetura e Decoração

Junior ainda destaca outras vantagens. "Além disso, ela pode trazer outros ótimos benefícios como proximidade com a natureza, criação de uma atmosfera mais confortável e aconchegante e maior resistência e longa durabilidade".

A cor da madeira utilizada pode interferir na atmosfera que será criada no ambiente. Quanto mais natural, mais rústica será a composição e quanto mais polida for, mais nobre ficará o ambiente. "É importante lembrar que os tons mais escuros diminuem o ambiente, enquanto os claros, ampliam. Atualmente, a tendência é usar os tons intermediários e até mesmo os mais acinzentados", orienta Priscila.

A procedência da madeira também é importante de ser observada na hora da compra. "Hoje a questão da sustentabilidade e a preservação do meio ambiente é muito questionada pelos clientes que cada vez mais tem a preocupação com a origem da madeira utilizada. E não somente a origem é questionada como o tratamento empregado nelas, por exemplo, o tipo de verniz ou outro acabamento", destaca a arquiteta.

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016