Cortinas de tecidos naturais são ecológicas e seguem a teoria do Feng Shui

Matérias-primas naturais produzem peças decorativas capazes de proporcionar ambientes rústicos ou contemporâneos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 08/10/2013 08:03 / atualizado em 27/09/2013 17:49 CorreioWeb /Lugar Certo
Cortinas com tecidos naturais conquistam os adeptos do ecologicamente correto, tanto em ambientes rústicos, quanto nos contemporâneos - Divulgação/Schwanke Casa Cortinas com tecidos naturais conquistam os adeptos do ecologicamente correto, tanto em ambientes rústicos, quanto nos contemporâneos
 
 
A preocupação com o meio ambiente é recorrente na hora de construir ou decorar. Algumas peças pautadas na sustentabilidade podem atuar de forma satisfatória nesses processos. Energia solar, cisternas e outras práticas podem diminuir a agressão e o impacto da casa no meio ambiente. Já na hora de decorar, cortinas com tecidos naturais trazem conforto térmico e charme aos ambientes, utilizando matérias-primas sustentáveis.

Divulgação/Schwanke Casa
As cortinas com tecidos naturais conquistam os adeptos do ecologicamente correto, tanto em ambientes rústicos, quanto nos contemporâneos. Como matéria-prima, o linho, o algodão e a seda são as opções para incorporar sustentabilidade e valor estético aos espaços.

“Além de toda preocupação ecológica existente nos dias de hoje, algumas pessoas seguem a teoria do Feng Shui em busca de equilíbrio com a natureza para conquistar sorte, saúde e prosperidade”, explica Margit Schwanke, empresária do segmento.

Mesmo naturais, os tecidos permitem grande diversidade de estampas e texturas, acompanhando as tendências de decoração. Segundo a empresária, a dica para a próxima estação é unir vários tons e estampas que remetem ao meio ambiente para levar o frescor da natureza e o tom da primavera para o interior das casas.

Tags: arquitetura

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
19 de fevereiro de 2016
15 de janeiro de 2016
04 de janeiro de 2016
17 de dezembro de 2015
27 de agosto de 2015