Banheiros high-tech investem em duchas e metais funcionais e inovadores

Consumidores e profissionais exigem cada vez mais peças inovadoras, capazes de atender necessidades com funcionalidade e design exclusivo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/12/2013 08:02 / atualizado em 21/11/2013 12:49 CorreioWeb /Lugar Certo

Divulgação/Vallori Acabamentos
 

 

A tecnologia e o alto design invadem salas de banho, conferindo o conceito high-tech aos ambientes. Entre as principais propostas estão a economia de água, tratamento interno antibateriano, instalação de jatos laterais, automação e outras funcionalidades. Os consumidores buscam cada vez mais produtos que atendam as necessidades com conforto e design diferenciado.

Divulgação/Vallori Acabamentos
Segundo Adriana Orlandi, empresária do ramo, outra preferência entre profissionais e consumidores são pelas peças de caráter sustentável. “As pessoas estão se conscientizando quanto à necessidade de economia de água. Nos países europeus, onde a água não é tão abuntante o alerta chegou mais cedo. Aqui no Brasil a inciativa começou por agora”, explica.

A fim de atender essa proposta, uma empresa desenvolveu uma linha de produtos que utiliza a teconologia air power, capaz de misturar ar à água que cai, proporcionando a sensação de banho farto e sem desperdícios. Os produtos têm como propoporção três litros de ar para cada litro d’água, resultando em um banho com quatro litros.

As duchinhas flexíveis de mão também recebem tratamento antibacteriano no seu interior. Isto torna os banhos livres da proliferação de micro-organismos e de água contamiada, acumulada em banhos anteriores. No caso das banheiras e jacuzzis, os jatos podem ser controlados, em versões massageadoras ou tradicionais. As peças podem ser automatizadas, controlando a pressão da saída de água, além de acionar jatos laterais.

Entre os metais, a novidade é a combinação de peças conforme as preferências do consumidor. As torneiras não precisam ser instaladas de uma forma específica nas cubas, as peças são adaptáveis à necessidade do morador e à proposta do projeto. “A torneira pode vir na lateral, no canto superior ou no inferior. Podemos ainda instalar mais de uma, para que um casal possa usar ao mesmo tempo”, sugere Adriana.

 

Divulgação/Vallori Acabamentos
 

Tags: mercado imobiliário

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
19 de fevereiro de 2016
15 de janeiro de 2016
04 de janeiro de 2016
17 de dezembro de 2015
27 de agosto de 2015