Porcelanato imita tonalidade e textura de madeiras usadas em reflorestamento

Novas espécies e formatos surpreendentes são destaque em linha que tem a temática ecológica na aparência do revestimento para piso e parede

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 30/01/2014 07:57 / atualizado em 27/01/2014 13:10 Diane Lourenço /Correioweb
A Ecollection inova na textura e cria uma nova experiência sensorial para o designer de interiores e exteriores com aparência em madeira - Portobello/Divulgação A Ecollection inova na textura e cria uma nova experiência sensorial para o designer de interiores e exteriores com aparência em madeira

Uma nova linha de pisos porcelanatos, a Ecollection, inova na textura e cria uma nova experiência sensorial para o designer de interiores e exteriores. A coleção reproduz de forma técnica e eficiente os tons de madeiras específicas para dar o toque de requinte ao ambientes da casa.


Um dos modelos inspirados é a Teca, madeira com origem nas florestas tropicais do Sudeste Asiático e cultivada com técnicas de reflorestamento no Brasil, de tonalidade clara conhecida pelo uso naval é interpretada em duas tonalidades, uma suave e uma intensa. Além das tábuas em 20x120, o novo super formato 20x180 deixa as composições ainda mais elaboradas.

Portobello/Divulgação

Uma das grandes vantagens técnicas da madeira em porcelanato é a possibilidade de uso em áreas molhadas sem demandar manutenção. Para esse uso, também há o formato Super Deck (90x90). Ideal para ambientes de piscina e badalação ao ar livre, a produto imita a aparência de um Deck, tanto em textura e cores.

Outra espécie da natureza reproduzida em porcelanato é a Acácia, que recebeu um tratamento para ficar enegrecida. A Acácia Negra é sofisticada e contemporânea e está disponível nos formatos 20x120 e 20x180.

A fabricante ressalta que a linha reproduz os valores da própria empresa, que fabrica anualmente 22,3 milhões de m² com 100% de energia limpa, a partir do gás natural. “Reciclamos, reformamos ou reutilizamos 99,5% de todo o resíduo sólido gerado no processo industrial. Mantemos áreas equivalentes de preservação permanente para as áreas próprias de onde retiramos matéria-prima, sendo 291 hectares com preservação garantida”, explica o prospecto da empresa.
Portobello/Divulgação



Tags: imóveis

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
19 de fevereiro de 2016
15 de janeiro de 2016
04 de janeiro de 2016
17 de dezembro de 2015
27 de agosto de 2015