Espuma expansiva é ideal para vedação de forma sustentável e econômica

Material é eficaz contra a chuva, vento, neve, poeira e correntes de ar, ajudando na vedação de forma ecologicamente correta

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 03/02/2014 08:07 / atualizado em 29/01/2014 14:12 CorreioWeb /Lugar Certo
O material é comumente utilizado para fixação e assentamento de batentes e janelas de diversos materiais - Reprodução internet O material é comumente utilizado para fixação e assentamento de batentes e janelas de diversos materiais

Usada para o assentamento, vedação, calafetação, isolamento e fixação, a espuma expansiva é um selante e adesivo elástico de poliuretano. O material é econômico e eficaz contra a ação chuva, vento, poeira e correntes de ar. Sustentável, a espuma também pode ser disposta em aterros sanitários, sem poluir o ar ou o lençol freático.

O material é comumente utilizado para fixação e assentamento de batentes e janelas de diversos materiais. Além disso, funciona no alinhamento de paredes; isolamento de encanamentos e saídas elétricas; preenchimento de juntas de dilatação, fendas e buracos. É um eficaz isolante térmico e acústico, atuando também na fixação de caixas de ar condicionado, luz e telefone. A espuma pode ser utilizada também na vedação, fixação e proteção em equipamentos de aquecimento, refrigeração, oleodutos para transportes de energia e ventilação.



Comercializado para uso doméstico, o produto conta com a aplicação simples, em que é necessário limpar bem a superfície, removendo partículas soltas, poeira, óleos, graxa e outros contaminantes. Umedecer a superfície com água faz com que a espuma seja mais bem aproveitada, evitando que o material encolha ou ceda à pressão.

Após o processo de limpeza, é preciso inserir o tubo no aplicador e cortar o bico de acordo com a dimensão desejada do cordão de selante. A aplicação é feita pressionando o gatilho lentamente e, preferencialmente, com a embalagem de cabeça para baixo. A cada nova aplicação, deve-se cortar a ponta do aplicador.

Caso a aplicação não esteja correta, basta retirar a espuma cortando com uma serrilha ou estilete.


Tags: apartamentos

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
19 de fevereiro de 2016
15 de janeiro de 2016
04 de janeiro de 2016
17 de dezembro de 2015
27 de agosto de 2015