Revestimento oferece efeito que imita pedras naturais e tijolos aparentes

Lançamento de fabricante é ideal para quem é adepto ao faça você mesmo e assegura efeito similar aos reais, tanto em áreas internas e externas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 16/04/2014 08:00 / atualizado em 14/04/2014 16:51 Diane Lourenço /Correioweb
O revestimento é recomendado o uso em áreas externas ou internas, paredes ou pisos, com a mesma aparência de pedras e tijolos aparentes - Bricolar/Divulgação O revestimento é recomendado o uso em áreas externas ou internas, paredes ou pisos, com a mesma aparência de pedras e tijolos aparentes

Uma tendência estrangeira e que vem ganhando adeptos no Brasil é o processo de bricolagem, onde oferecem soluções de mercado em material industrializado e de fácil manuseio e aplicação. Os chamados, faça você mesmo (make yourself), bastante comum nos Estados Unidos, onde é possível montar quase tudo com as próprias mãos, já apresentam uma grande quantidade de produtos nessa linha no Brasil.

Para quem quer dar uma cara nova a uma parede ou fazer de uma forma diferente a aplicação de revestimento residencial, uma fabricante apresenta uma coleção voltada para essa aplicabilidade. O Sénipierres é recomendado o uso em áreas externas ou internas, paredes ou pisos. Com ele é possível dar a mesma aparência de pedras e tijolos aparentes, ao mesmo tempo em que a criatividade e desempenho pessoal permitem ao processo de bricolagem.

O revestimento pode ser aplicado sobre cimento ou pedras que apresentem porosidade. Estes devem estar firmes, sem trincas, regularizados, livres de umidade, limpos e secos. A solução é composta por um kit composto por um pó aparentemente semelhante a qualquer massa de revestimento, mas com densidade e características específicas.



Ao misturar o conteúdo da embalagem com as soluções e seguir o passo a passo determinado pela fabricante o efeito vai acontecendo. Com a ajuda de pigmentação é possível apresentar tonalidades como: Cassis, Rocher, Mousson, Noisette, Brique, Jaspe e Anthracite.

O desenvolvimento do material vai além de colocar a mão na massa. De acordo com a fabricante, para o efeito ser mais realista é preciso estimular outras competências pessoais, como a criatividade, pois o produto permite inúmeros desenhos e formatos. Vai depender da habilidade manual de quem estiver aplicando na hora de trabalhar os detalhes.

Veja o vídeo explicativo:

Tags: pedestres

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
19 de fevereiro de 2016
15 de janeiro de 2016
04 de janeiro de 2016
17 de dezembro de 2015
27 de agosto de 2015