Minha Casa, Minha Vida/Morar Bem terá áreas verdes e espaços de convivência

Instalação de equipamentos públicos, como escolas, postos de saúde e delegacias é uma das exigências de lei federal e deverá ser aplicada no programa habitacional do DF

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 17/02/2014 08:03 Diane Lourenço /Correioweb
Parques e praças estão entre os equipamentos públicos prometidos pelo governo do DF nos conjuntos habitacionais do programa Morar Bem - Patricia Cagni/Esp. CB/D.A Press Parques e praças estão entre os equipamentos públicos prometidos pelo governo do DF nos conjuntos habitacionais do programa Morar Bem

A exigência de ruas até os imóveis e infraestrutura completa como pavimentação, redes de água, esgotamento sanitário, drenagem, energia elétrica e acesso ao transporte público, foram estabelecidas pela Lei 12.424/11, que alterou a norma de criação do programa de habitação do governo federal (Lei 11.977/09). Atendendo às exigências de qualidade do Minha Casa Minha Vida, o governo do DF anunciou que vai investir na qualidade de vida dos beneficiários do Morar Bem.

Segundo o a Secretaria de Habitação, os projetos construídos com recursos do programa Minha Casa, Minha Vida/Morar Bem prevêem a destinação de 15% da área para a instalação de equipamentos públicos, como escolas, postos de saúde e delegacias. . O restante dessas áreas é composto pelo chamado Espaço Livre de Uso Público (ELUP), que inclui a construção de praças e parques na região.

A diretora de Planejamento Urbano e Territorial da Secretaria de Habitação, Moema Sá, ressalta que os espaços verdes incentivam a vida comunitária e harmonizam os espaços urbanos. “A construção de praças e parques garante qualidade de vida à população”, resume. Em todos os empreendimentos do programa Minha Casa, Minha Vida/Morar Bem no DF serão plantadas árvores para garantir o sombreamento dos espaços.

Para isso, o governo promete beneficiar os empreendimentos do Minha Casa, Minha Vida/Morar Bem com a construção de espaços de lazer. No Itapoã Parque o governo promete 28 equipamentos públicos, como escola, postos de saúde e delegacia. Um parque linear com ciclovias e um Centro de Esportes Unificado. Para os parques e praças serão destinados 28 hectares para a construção dessas áreas na região.

No Parque da Benção serão instalados 39 equipamentos públicos e cerca de 900 mil metros quadrados de área de parques e praças. O Parque do Riacho contará com 14 equipamentos públicos e a destinação de cerca de 90 mil metros quadrados de área para o lazer. No Paranoá Parque serão 23 equipamentos públicos e cerca de 80 mil metros quadrados de áreas de praças e parques.

Com informações da Sedhab

Tags: bh

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016