Festival cria cidade de gelo com réplicas de ícones da arquitetura mundial

Evento na cidade de Harbin, na China, constrói complexo congelado que se torna destino muito procurado nesta época do ano

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 25/02/2014 08:02 / atualizado em 24/02/2014 13:06 Joana Gontijo /Lugar Certo
Seguindo a tradição de fabricar réplicas fiéis, foram reproduzidos monumentos como o Coliseu de Roma ou o Empire State Building, de Nova York - Ice Festival Harbin/Divulgação Seguindo a tradição de fabricar réplicas fiéis, foram reproduzidos monumentos como o Coliseu de Roma ou o Empire State Building, de Nova York

Uma festa que acontece na China há pouco mais de cinco décadas celebra o frio que chega ao Hemisfério Norte nesta época, com instalações inusitadas para a diversão de quem curte o clima tão diferente do calorão que vivemos no Brasil. Desde o início do ano, quando foi oficialmente inaugurado, o Festival Internacional de Gelo de Harbin transformou a região em uma grande cidade de gelo, que agora é um dos principais destinos turísticos de inverno por ali.


Considerado um dos quatro festivais de gelo e neve mais significativos do planeta (tanto é que começou a acontecer em 1963), o evento é realizado na cidade chinesa de Harbin, como o próprio nome diz, e faz do Parque Zhaolin um complexo de 2 mil esculturas de gelo, que remetem a ícones da arquitetura mundial.

Ice Festival Harbin/Divulgação


Seguindo a "tradição" do país em fabricar réplicas fiéis, estão aí reproduzidos monumentos como o Coliseu de Roma ou o Empire State Building, de Nova York. O festival teve início em meados de dezembro e vai até o fim deste mês, quando a temperatura na cidade pode chegar a 30ºC negativos.

Aproximadamente 10 mil escultores levaram a média de duas semanas para talhar os blocos de gelo do rio Songhua e transmutá-los em imponentes edifícios, devidamente iluminados com LED. O resultado é o conjunto de 80 mil metros quadrados de gelo e 150 mil metros quadrados de neve.

A cópia da igreja luterana Hallgrímskirkja, situada originalmente na capital da Islândia, é a maior das esculturas produzidas no festival. Outros clássicos arquitetônicos, da mesma forma importantes, complementam a cidade gelada, representando, por exemplo, a catedral russa de São Basílio, a Grande Muralha da China, e a Torre Eiffel de Paris. O detalhe: é possível adentrar, visitar e explorar as construções.

O entretenimento fica completo com o parque temático de 500 mil metros quadrados de água congelada que se compõe com esculturas de animais, labirintos de gelo, tobogãs e pistas de esqui e snowboard.

Ice Festival Harbin/Divulgação

Ice Festival Harbin/Divulgação

Tags: câmera

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016