Aplicação de Norma de Desempenho em habitações sociais entra em debate

Órgãos públicos discutem ações para implementar a Norma de Desempenho em habitações sociais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 27/02/2014 07:59 CorreioWeb /Lugar Certo
Representantes de órgãos públicos e profissionais da área destacaram a importância de implementar a normativa nas habitações sociais - Kléber Lima/CB/D.A Press - 15/02/2011 Representantes de órgãos públicos e profissionais da área destacaram a importância de implementar a normativa nas habitações sociais

Durante seminário para debater os impactos da Norma de Desempenho (NBR 15.775:2013) da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), representantes de órgãos públicos e profissionais da área destacaram a importância de implementar a normativa nas habitações sociais. Além disso, as medidas tomadas pelos órgãos públicos para que isso se torne viável, também permeio os debates do evento realizado pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP).

Segundo a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) de São Paulo, está em fase de elaboração uma comissão para avaliação de materiais, componentes e sistemas construtivos. De acordo com o órgão, a atuação se dará por meio da assessoria do IPT, que fará a análise técnica dos ensaios e demais documentos apresentados por empresas interessadas em qualificar esses produtos.

“Já estamos fazendo a elaboração de novos procedimentos e informes técnicos dando atendimento à Norma, o monitoramento e acompanhamento junto aos fornecedores de materiais de construção e uma comissão para avaliação de todos os materiais, sistemas e componentes contando com a assessoria do IPT para que nós tenhamos o nosso manual de como receber, adquirir e orçar esse material”, enfatizou o diretor técnico da CDHU Marcos Penido.

Para atender aos projetos do Minha Casa, Minha Vida, o Ministério das Cidades criou um grupo gestor em outubro do ano passado que possui quatro grupos de trabalhos: alteração SiAC/Projetos; caracterização dos subsistemas; formação de multiplicadores; código de obras. Em médio prazo, também será disponibilizado um catálogo eletrônico no site do Ministério das Cidades com orientações quanto o cumprimento da Norma de Desempenho.

“As atividades de médio prazo seria a realização dos ensaios laboratoriais para avaliação do comportamento dos subsistemas tradicionais. Para essa questão dos ensaios nós já temos uma parceria com a Finep, pela rede Sibratec, um projeto que está sendo feito exatamente com foco na Norma de Desempenho e para atender também ao SINAT. Esse projeto já saiu o edital, já foi disponibilizado recursos e nós estamos agora aperfeiçoando até o início de março”, Maria Salette Weber.

A Caixa Econômica Federal, por meio de seu representante, Luiz Guilherme de Matos Zigmantas, afirmou ter criado uma nova clausula contratual e alterado a declaração do construtor, colocando a Norma de Desempenho em evidência. Além disto, a empresa criará um documento chamado Código de Práticas, que substituirá o documento “Condições Mínimas do MCMV”.

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016