Secretário de Habitação rebate as críticas contra o plano urbanístico do DF

Geraldo Magela afirma que o assunto vem sendo amplamente debatido há quatro anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/03/2014 09:55 / atualizado em 19/03/2014 11:08
Magela criticou alguns membros que se esforçaram para retirar o PPCub - Marcelo Ferreira/CB/D.A Press Magela criticou alguns membros que se esforçaram para retirar o PPCub
Uma das principais críticas dos opositores ao encaminhamento do PPCub diz respeito ao tempo curto que o Conplan teve para analisá-lo. Após ficar suspenso por meses, o colegiado foi recomposto e fez a primeira reunião com nova formação na semana passada.

Entretanto, o secretário de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano (Sedhab), Geraldo Magela, afirma que o assunto vem sendo amplamente debatido há quatro anos. “Fizemos mais de 10 audiências públicas com a comunidade, mais de 100 reuniões. É absurdo dizer que não houve tempo”, rebateu.

Ele criticou a postura dos conselheiros que se retiraram do debate. “As reclamações são absolutamente improcedentes. Eles participaram de todas as reuniões, inclusive daquelas feitas antes da criação do grupo técnico após a suspensão do Conplan”, afirmou.

Magela devolveu as críticas afirmando que alguns membros se esforçaram para que o PPCub fosse retirado da votação. “Tentaram procrastinar a votação. Mais de 90% das sugestões que eles fizeram foram acatadas nas alterações do PPCub”, disse. Quanto aos pontos considerados polêmicos, como a 901 Norte e a Quadra 500 do Sudoeste, o secretário garantiu que a proposta está embasada juridicamente e andará em acordo com as normas estabelecidas pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

“O texto estabelece que, depois da aprovação do PPCub, o governo e o Iphan apresentem, em um ano, um projeto especial de urbanismo para a 901 Norte. No caso da Quadra 500 do Sudoeste, temos decisões judiciais que reafirmam se tratar de área habitacional”, explicou.

Composição do Conplan (titulares)

Presidente: Agnelo Queiroz - governador

Geraldo Magela - Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano

Lúcio Taveira Valadão - Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural

Hamilton Pereira da Silva - Secretaria de Cultura

Hermano Gonçalves Carvalho -
Secretaria de Desenvolvimento Econônomico

Adonias Reis Santiago - Secretaria de Fazenda

David de Matos - Secretaria de Obras

Paulo Antenor de Oliveira - Secretaria de Planejamento e Orçamento

José Walter Vazquez - Secretaria de Transportes
Ralcilene Santiago da Frota - Secretaria de Regularização de Condomínios

Swedenberger Barbosa - Casa Civil do DF

Abdon Henrique Araújo - Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap)

Eduardo Brandão - Secretaria de Meio Ambiente

Júlio Miragaya - Companhia de Desenvolvimento do Planalto Central (Codeplan)

Benny Schvarsberg - Universidade de Brasília

Flávio Correia Sousa - Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do DF (Crea)

Thiago de Andrade - Instituto dos Arquitetos do Brasil

Alberto Alves de Faria - Conselho de Arquitetura e Urbanismo do DF
Paulo Roberto de Morais Muniz - Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do DF

Júlio César Pires - Sindicato da Indústria de Construção Civil do DF

Deusimar de Jesus Lima - União Nacional por Moradia Popular do DF

Sigefredo Nogueira de Vasconcelos - Central de Movimentos Populares do DF

Adjânio Francisco dos Santos - Movimento Nacional de Luta por Moradia do DF

Francisco Erto Carvalho de Araújo - Federação das Associações de Moradores e Inquilinos de Brasília e Região do Entorno

Júnia Bittencourt - União dos Condomínios Horizontais e Associações de Moradores do DF


Tags: brasil

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016