Atividade da construção tem nova queda em fevereiro, aponta CNI

Indicador fechou o mês com 46,3 pontos. Mesmo com os resultados negativos, empresários da construção continuam otimistas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/04/2014 08:00
Sondagem da Indústria da Construção divulgada pela Confederação Nacional da Indústria apontou que a atividade no setor teve nova queda - Breno Fortes/CB/D.A Press Sondagem da Indústria da Construção divulgada pela Confederação Nacional da Indústria apontou que a atividade no setor teve nova queda

A Sondagem da Indústria da Construção divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) apontou que a atividade no setor teve nova queda em fevereiro. O setor atingiu 46,3 pontos no segundo mês do ano. Mesmo com a melhora na comparação com janeiro – quando o índice apresentou 45,8 pontos – os números não refletem no início de 2014 as expectativas das entidades do setor.

O índice varia de zero a 100 e valores abaixo de 50 indicam desaquecimento. Segundo o índice, a Utilização da Capacidade de Operação, variável que mede o percentual utilizado no mês do volume de recursos, mão de obra e maquinário, se situou em 69% em fevereiro, configurando queda de 1% frente a registrada em janeiro.

A sondagem também apurou que, como consequência da desaceleração da atividade no setor, houve recuo no número de empregos. De acordo com a pesquisa, o número de empregados ficou abaixo da linha divisória dos 50 pontos, fechando o mês de janeiro com 46,8 pontos. Em contrapartida, o levantamento mostrou também que mesmo registrando um volume menor do que em janeiro, o otimismo dos empresários do segmento permaneceu acima da marca de 50 pontos.

A pesquisa foi feita entre 6 e 18 de março com 525 empresas, das quais 169 de pequeno porte, 234 médias e 122 grandes.

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016