Feirão da Caixa começa hoje com previsão de negociar 10 mil unidades

Iniciativa promete aquecer o setor, segundo representantes da área

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 16/05/2014 10:07 Camila Costa /Correio Braziliense
Serão três dias de evento, que já ocorre há nove anos em Brasília: negócios podem passar de R$ 1 bilhão no fim de semana - Monique Renne/Esp. CB/D.A Press Serão três dias de evento, que já ocorre há nove anos em Brasília: negócios podem passar de R$ 1 bilhão no fim de semana


A coordenadora de negócios de distribuição Paula Camargo, de 33 anos, dividia um sonho com milhões de brasileiros: sair do aluguel. Ela conseguiu no ano passado. “Nunca achei que conseguiria, até porque não sabia nem por onde começar”, lembra, agora com uma nítida sensação de liberdade. O caminho que Paula achou vai recomeçar hoje, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade. Até o ano passado, ela só olhava jornais e panfletos, quando decidiu conferir o Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica Federal. A iniciativa vai até domingo: hoje e amanhã, das 10h às 21h, e no último dia, das 10h às 20h.

“Lá, eu achei pessoas que me ajudaram, fizeram a simulação, o financiamento foi aprovado e pronto”, contou. Ela e a filha estão em um apartamento novo, em Samambaia. “O que eu mais gosto é poder fazer o que eu quero na minha casa, mudar, mexer e deixar com minha cara. Além disso, a grande motivação para tudo isso é poder deixar o imóvel para minha filha. É um investimento”, revela Paula. Nos três dias de evento, o consumidor terá à disposição 40 construtoras e cerca de 50 correspondentes habitacionais, além de 40 imobiliárias. São mais de 30 empreendimentos novos com unidades em oferta. A previsão inicial da Caixa é de que o número de imóveis ofertados ao longo do feirão seja superior a 10 mil.

No ano passado, foram assinados e encaminhados 6.795 mil negócios, o equivalente a mais de R$ 1,1 bilhão. “É uma boa oportunidade. Existe toda uma estrutura lá e o maior agente financiador do país. Tem como aprovar financimento na hora, fazer a simulação e, além disso, com valores abaixo dos praticados no mercado”, afirmou o presidente do Sindicato da Habitação (Secovi) do DF, Carlos Hiram.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Tags: aumenta

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016