Micromoradias ganham espaço e conquistam mercado imobiliário

Considerados produto transitório, os imóveis com foco para até duas pessoas chegam a medir 18 m2, muitos com apenas um vão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 30/09/2014 08:02 / atualizado em 26/09/2014 13:03
Reprodução/Pinterest


Uma opção de moradia para até duas pessoas. Assim se definem as micromoradias, ou microhousing, que nos últimos anos têm se destacado por serem dotadas de serviços e vantajosos para quem quer investir em aluguel. Considerado um produto transitório, os imóveis chegam a medir 18 metros quadrados, muitos com apenas um vão. Os imóveis compactos viraram tendência no mercado imobiliário e atualmente lideram os índices com velocidade de ofertas e de vendas.

De acordo com o Índice de Velocidade de Vendas (IVV), 166 unidades de 22 metros quadrados a 35 metros quadrados com um quarto foram vendidas neste ano. O número aumenta quando se fala de projetos com até 46 metros quadrados com dois quartos, em que foram comercializados 1.040 apartamentos. "No Maior Feirão do Mundo, que promovemos em agosto, só da Dallas vendendos mais de 30 unidades de 25 metros quadrados. Esses imóveis têm um valor que cabe no bolso, que podem ser financiados em prazos de 20 a 30 anos e que, dependendo do cliente, é um ótimo local de moradia", afirma o sócio-diretor da Central de Vendas, Fábio Gueiros.

Reprodução/Pinterest


Segundo Gueiros, a rentabilidade dos aluguéis pode chegar a 1%, percentual maior que os imóveis convencionais, que atingem uma média de 0,7%. "É um aumento de 30% a 40%", pontua. De acordo com especialistas do mercado imobiliário, o custo do aluguel desses empreendimentos pode girar em torno de R$ 1,5 mil.

Há 10 anos lançando imóveis no estilo home service, o diretor-presidente da construtora Dallas, Sérgio Arruda, conta que em pouco mais de dois meses a empresa comercializa todas as unidades de um empreendimento como este. "Temos lançamentos nesse semestre já 60% vendidos, como o Golden Shadow, em Boa Viagem", diz Sérgio, citando como outro exemplo o Golden Island.

Reprodução/Pinterest


Para o superintende de marketing da Moura Dubeux, Tony Vasconcelos, os empreendimentos são direcionados para pessoas que buscam praticidade e que por isso as torres precisam estar em bairros estruturados, como Boa Viagem e Jaqueira. "São locais com serviços, mobilidade e oferta de transporte público. Além disso, os edifícios precisam ter opções de lavanderia e camareira, por exemplo, e uma área de lazer com bons itens", explica.

Tags: casa

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016