IGP-M tem inflação de 0,51% na primeira prévia do mês de novembro

A alta da taxa foi puxada pelos preços no atacado e pelo custo da construção civil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 10/11/2014 13:00 Agência Brasil
O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, teve inflação de 0,51% na primeira prévia de novembro. A taxa é superior à deflação (queda de preços) de 0,07% na primeira prévia de outubro. Com o resultado preliminar de novembro, o IGP-M acumula taxas de 2,57% no ano e 3,18% no período de 12 meses.

A alta da taxa foi puxada pelos preços no atacado e pelo custo da construção civil. Os preços no atacado, medidos pelo subíndice de Preços ao Produtor Amplo, passou de uma deflação de 0,24% em outubro para uma inflação de 0,65% em novembro.

Já a inflação do Subíndice do Custo da Construção, que mede o custo dos materiais e da mão de obra, passou de 0,09% para 0,16% no período.

Os preços no varejo, medidos pelo subíndice de Preços ao Consumidor, tiveram uma queda da taxa de inflação, ao passar de 0,3%, na prévia de outubro, para 0,29% na prévia de novembro. A primeira prévia do IGP-M é calculada com base em preços coletados entre os dias 21 e 31 do mês anterior.

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016