Lei francesa exige cobertura ecológica nos prédios comerciais

Entre os benefícios do projeto estão a redução da poluição atmosférica e as emissões de gases de efeito estufa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 25/03/2015 08:05 / atualizado em 24/03/2015 19:01 CorreioWeb /Lugar Certo
 FRANCE-FARMER/SOLAR REUTERS/Vincent Kessler


O Parlamento francês aprovou uma lei que determina que os edifícios construídos nas áreas comerciais da França devem ter parte do teto coberto com plantas ou painéis solares.

Os chamados “tetos verdes” já são populares em países como Alemanha e Austrália. Além disso, a legislação de cidades como Toronto, no Canadá, prevê que prédios industriais e residenciais também tenham a estrutura.

Leia mais notícias em Últimas

Entre os benefícios do projeto estão a redução da poluição atmosférica e as emissões de gases de efeito estufa, melhoria da gestão de águas pluviais, além de reduzir a quantidade de energia necessária para aquecer ou esfriar o prédio.

A legislação foi um pedido de ambientalistas franceses. No projeto original, todo o telhado de qualquer novo edifício no país deveria ser coberto com a estrutura ecologicamente correta. Porém, o grupo acertou a proposta do governo local em que apenas prédios comerciais deveriam ter a obrigação de modificar metade do teto com plantas e painéis.

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016