Cidades incentivam a transformação de estacionamentos em local de convivência

Em vários países, iniciativas para diminuir a quantidade de estacionamentos e promover a convivência já são colocadas em prática

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/06/2015 08:06 / atualizado em 01/06/2015 11:18 CorreioWeb /Lugar Certo
Paradas Cariocas, no Rio de Janeiro (Brasil) - Reprodução Internet Paradas Cariocas, no Rio de Janeiro (Brasil)


Em vários países, as pessoas têm incentivado a diminuição do uso de automóveis e uma mobilidade mais sustentável. Outros, no entanto, estão transformando espaços antes dedicados aos carros em pontos de convivência que aproveitam melhor cada local, de acordo com o que tem por perto. Estados Unidos, Brasil e México já aderiram ao movimento.

Leia mais notícias em Últimas

Los Angeles (EUA) é um exemplo. No centro da cidade, aproximadamente dois terços do espaço é destinado aos automóveis, em formato de rua, estacionamento ou vias expressas. Para reverter essa situação, o Departamento de Transporte está implementando o programa People Street nos bairros de Pacoima, North Hollywood e na região sul da cidade. Nestes locais, os cidadãos podem pedir através de um formulário que um estacionamento para automóveis ou uma rua seja transformada em um pequeno parque ou lugar de lazer. Junto com o formulário, uma proposta de desenho deve ser apresentada, para depois ser implementada de forma adequada.

Uma outra iniciativa conquistou as pessoas, em San Francisco (EUA). A ideia é transformar estacionamentos em frente aos cafés e lojas em espaços de convivência, para atrair mais pessoas nesses locais. A autoridade local já apóia o movimento.

As "Paradas Cariocas", no Rio de Janeiro (Brasil), ocupam o espaço de uma ou duas vagas de estacionamento nas ruas do Rio de Janeiro e de São Paulo. A proposta permite a ocupação do espaço de uma ou duas vagas de automóveis nas ruas. Qualquer interessado pode submeter uma proposta de construção à sua subprefeitura. Porém, as estruturas temporárias só podem ser construídas em ruas cuja velocidade máxima não seja superior a 50km/h.
 

No México, por sua vez, o Instituto de Políticas para o Transporte e o Desenvolvimento (ITPD), desenvolveu a estratégia “Menos estacionamentos, mais cidade" com o objetivo de diminuir o congestionamento de veículos nas ruas. Um vídeo foi produzido para explicar as desvantagens da enorme quantidade de estacionamentos nas grandes cidades.


Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016