Cuidados especiais garantem a beleza dos jardins

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Neste projeto de paisagismo, Rosalba da Matta Machado optou por conservar elementos do Cerrado, sem prejuízo da beleza do jardim.  - Rosalba da Matta Machado/Arquivo Neste projeto de paisagismo, Rosalba da Matta Machado optou por conservar elementos do Cerrado, sem prejuízo da beleza do jardim.
 
Com as altas temperaturas, o verão pede ainda mais cuidados com o jardim. Além de ajudar na organização das tarefas, ter uma rotina para regar as plantas garante vida longa para as verdinhas. De acordo com a paisagista Erly Hooper, irrigar as plantas na hora certa é um dos principais segredos para mantê-las mais saudáveis durante a estação.

"Quando está muito quente, a planta para de puxar água. Então, quando você rega uma planta ao meio-dia, por exemplo, com o sol quente, a água simplesmente evapora. O ideal é regar duas vezes ao dia, de manhã cedo e à noite. Sendo que à noite é a hora mais apropriada, já que a planta poderá aproveitar a água em toda a madrugada", explica.

Detalhe do jardim de casa sustentável - Carlos Moura/CB/D.A Press Detalhe do jardim de casa sustentável
 
Outro problema para as plantas, típico dessa época do ano, são as torrenciais e cada mais frequentes chuvas de verão. Se a falta de água é capaz de matar uma planta, seu excesso também. "O excesso de água faz tão mal quanto à sua ausência, já que pode provocar o apodrecimento das raízes", observa Erly, se atentando para o agravante de que não há como poupar as plantas expostas em terrenos naturais das tempestades. "Nesse caso, o que vale é a medida preventiva de ter drenos adequados no jardim e cuidar para que eles não sejam entupidos pelas raízes das plantas".

Além das mudanças bruscas no clima, o verão significa período de férias para muita gente. Para quem viaja e tem planta em casa, Erly enumera uma série de sugestões. "A pessoa pode deixar o vaso num prato cheio de água, ou colocar no vaso uma garrafa pet com gotejamento. Outra opção é a água em gel, disponível no mercado, cujo recipiente deve ser enterrado no vaso".

No entanto, para quem vai viajar por mais de uma semana ou tem o hábito de viajar sempre, Erly é categórica. "Nesse caso, é melhor deixar alguém responsável por cuidar das plantas, ou especificar espécies que não necessitam de rega constante, como yucas, espadas e zamioculca".

Tags: condomínio,

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016