Retratos de família

Usar fotos do casal e dos filhos para decorar o lar pode ser uma opção bonita e intimista. Mas cuidado com os exageros

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 18/02/2013 12:07 Maria Júlia Lledó /Correio Braziliense
O painel de fotos foi feito diretamente sobre uma das paredes da sala de estar e conferiu elegância ao ambiente de Laila Mackenzie - Marcelo Ferreira/CB/D.A Press O painel de fotos foi feito diretamente sobre uma das paredes da sala de estar e conferiu elegância ao ambiente de Laila Mackenzie
 
Figura marcante em parques e praças, o fotógrafo lambe-lambe popularizou a fotografia no país no século 19 e, consequentemente, na casa de milhares de brasileiros. Em preto e branco ou coloridas com pincel, as imagens de família eram emolduradas e exibidas na sala de estar com toda pompa. No século 21, os retratos ganharam novos suportes e leituras. Foram parar em porta-retratos — de madeira, metal, acrílico ou adesivo — ou se transformaram em pôsteres e ímãs de geladeira. Entre tantas opções, arquitetos e designers de interiores aconselham: mantenha o bom senso em primeiro lugar.

Tamanha preocupação com a disposição da foto na decoração da casa motiva as arquitetas Renata Melendez e Flávia Amorim a mostrarem aos clientes que devem existir alguns critérios. Um deles: antes de emoldurar a foto de um metro por um metro e meio do casal na parede da sala, reflita. “Pode ser uma exposição desnecessária do casal em um ambiente de grande circulação da casa. Também é, de certa forma, um tanto narcisista”, diz Flávia. A arquiteta Stella Lopes concorda. Como opção, ela indica aos clientes que façam uma reprodução da imagem em tela, no estilo pop art, por exemplo.

Outro critério a ser considerado é o ambiente. “Pode ser um hall, um canto no escritório ou no corredor. Já o casal deve ter suas fotos no quarto, ou próximo a ele, como imagens de viagens e de outros momentos felizes, que tragam boas vibrações ao espaço”, pondera Stella Lopes. Outros espaços, como a cozinha, também podem ser decorados com um painel de fotos descontraídas. “Só não recomendo fotos da família nos banheiros, mas cada caso é único”, acrescenta a arquiteta e designer Laila Mackenzie.

Dica da especialista

“A solução de um painel único de fotos, do tipo caixa de vidro, grande e horizontal, é sempre boa. Sendo possível mudar as fotos que vão dentro dele de tempos em tempos. Um painel único e grande de fotos impressas também é uma opção bonita e barata. As imagens podem ser impressas diretamente sobre lona ou vinil antes de serem colocadas no bastidor. Há inúmeras possibilidades. O mais importante é a beleza e a integração das fotos com o ambiente. Caso não queira usar molduras, por exemplo, uma solução original é aplicar a foto diretamente sobre a parede já pintada e, depois, fixar uma folha de vidro sobre gotas de silicone. Pronto! Com pouco trabalho ou gasto, pode-se ter em casa uma bela galeria de memórias.”

(Laila Mackenzie, designer)

Tags: decoração,

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016