Contratar um marceneiro ou comprar móveis prontos?

Móveis personalizados são mais caros que os encontrados em lojas populares, porém contam com design exclusivo e permitem o máximo aproveitamento do espaço

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 15/03/2013 10:51 / atualizado em 15/03/2013 10:55 CorreioWeb /Lugar Certo
Chapeleita e estante planejadas pela designer Susana Salles - Susana Salles/Divulgação Chapeleita e estante planejadas pela designer Susana Salles
 
Mobiliar a casa não é uma missão fácil. Sempre surge a dúvida: o que é melhor, contratar um marceneiro ou comprar móveis prontos? O tamanho do ambiente, o investimento, a urgência do móvel, tudo isso pode interferir na escolha certa.

Móvel planejado para benheiro infantil. A escadinha auxilia o acesso da criança à pia. Projeto da designer Susana Salles - Susana Salles/Divulgação Móvel planejado para benheiro infantil. A escadinha auxilia o acesso da criança à pia. Projeto da designer Susana Salles
Com a tendência de imóveis cada vez menores, peças planejadas podem ser a solução. De acordo com a designer de interiores, Susana Salles, quando os móveis são feitos especialmente para o ambiente, cada canto é aproveitado. “Quando não há problema de espaço, muitas vezes é mais prático e mais barato comprar o móvel pronto”, indica.

A designer conta que os móveis planejados são mais caros do que os disponíveis na maioria das lojas populares. “O que é personalizado geralmente é mais caro do que o industrial. Quanto mais exclusiva for a peça, mais cara ela vai ser. As lojas populares prezam pelo funcional e não pelo design, por isso os móveis acabam seguindo um padrão”, comenta.

Segundo ela, se o móvel pronto for de qualidade, feito com um bom material e design diferenciado, ele certamente vai ser mais caro do que o personalizado. “Os móveis prontos vendidos em lojas caras além da qualidade, também carregam o preço da marca”, alerta.

Há vantagens e desvantagens em mandar fazer um móvel. “A garantia é de no máximo, dois ou três meses, já a garantia das lojas é de um ano ou mais. Há também o problema do prazo de entrega – os marceneiros demoram bastante para concluírem a peça, por cona do trabalho artesanal que exige tempo e mão de obra. As lojas, na maioria das vezes, tem pronta entrega”, destaca.

No entanto, o marceneiro artesão é capaz de fazer o que a indústria não consegue, ressalta Susana. “A dica é procurar no mercado o móvel que atende as expectativas, se caso a peça não for encontrada, a solução é mandar fazer”, recomenda.

Tags: ,

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016