Novas composições em laca

O material volta a fazer sucesso entre arquitetos, designers e consumidores. Versátil, ele se aplica em vários contextos e climas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 13/05/2013 13:20 / atualizado em 13/05/2013 13:34 Da Redação - Correio Braziliense
A laca voltou a cair no gosto do consumidor. Cores claras e sóbrias têm sido as preferidas. “Elas são mais fáceis, dá para adaptar em qualquer lugar”, explica a arquiteta Silvana Andrade. A lasca fosca, mais discreta, também está em evidência. Clientes ousados, porém, podem lançar mão de cores fortes, como o amarelo e o coral.

Segundo a arquiteta Cynthia Rondelli, o ambiente que melhor aceita o uso de laca é o quarto — nele, vemos o acabamento em móveis, como o criado-mudo, e em detalhes, como as portas de armários, por exemplo. A laca aparece ainda em mesas laterais e de centro. Já em escritórios e salas de estudo, compõe muito bem bancadas e escrivaninhas, desde que se proteja o material de arranhões, alerta Cynthia.

“É importante colocar um tampo de vidro para dar maior durabilidade ao produto”, reforça a empresária Régia Rezende, dona de uma loja que trabalha com peças em laca. A limpeza é outro ponto: deve-se usar somente pano seco e macio. Em geral, móveis antigos podem ser revitalizados com uma aplicação de laca, mas recomenda-se o uso de mão de obra especializada.

Nicolau El-moor/Divulgação
 
Home theater com estante e aparador em laca escura. A bancada é usada para apoiar quadros, livros e plantas. O ambiente conta ainda com revestimento de madeira na parede e com um móvel que funciona como mesa de centro. Projeto da arquiteta Silvana Andrade
 
 
 
Estante de laca brilhosa marrom com iluminação direcionada para a parede — recurso que cria textura e contraste. Projeto de Denise Zuba para Evviva Bertolini

Nicolau El-moor/Divulgação
 
Escritório com mobiliário em laca fosca de tons creme e preto. Os armários com portas escuras contrastam com a estante clara. Projeto de Silvana Andrade

 
No quarto infantil de menina idealizado pela arquiteta Silvana Andrade, os móveis, a escrivaninha, as prateleiras e o criado-mudo são todos em laca branca brilhosa

Haruo Mirakami/Divulgação
 
O ambiente idealizado por Hélio Albuquerque e Sonia Peres para Evviva Bertolini tem como trunfo o guarda-louça verde-musgo. Completam a composição a bancada de madeira e o lustre grande com detalhes brancos

Willian de Paula/Divulgação

 
No projeto de sala de jantar da arquiteta Cynthia Rondelli, o destaque é a mesa para 10 pessoas em laca clara. O contraponto está nos quadros de cores fortes, no lustre chamativo e no tapete escuro. A bancada, que cria uma divisão entre a sala de estar e a de jantar, também é laqueada

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016