Pedras naturais enobrecem projetos arquitetônicos com segurança e beleza

Recomendadas para diversas áreas é possível encontrar as pedras ideais para a situação certa na hora de decorar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 10/07/2013 08:00 / atualizado em 09/07/2013 16:42 CorreioWeb /Lugar Certo
Existem pedras coringas, capazes de aliar estética, funcionalidade e ainda, harmonizar áreas internas e externas - Divulgação/Directa Piedras Existem pedras coringas, capazes de aliar estética, funcionalidade e ainda, harmonizar áreas internas e externas
 
 
Divulgação/Directa Piedras
As pedras naturais são o fundo perfeito para criar ambientes sofisticados, por enriquecerem projetos com a funcionalidade e beleza. São recomendadas tanto para áreas externas, quanto internas. As possibilidades de uso dentro dessas opções são infinitas: pisos de área gourmet, bordas de piscinas, bancadas de cozinhas, bancadas de lavabos, lareira e tudo mais que for viável.

Usufruir a versatilidade das pedras, no entanto, pode induzir ao erro. Estar atento à alguns detalhes ajuda na hora de descobrir a pedra indicada para determinada situação “Áreas internas podem ter superfícies polidas, pois não demandam ser antiderrapante. Sendo assim, pedras como os mármores podem ter um uso bastante satisfatório. Na hora de escolher, é importante também avaliar para qual ambiente interno a pedra será destinada. Numa cozinha, por exemplo, a bancada e o piso têm necessidades diferentes”, explica a arquiteta Estela Netto.

A quantidade de pedras oferecidas para o uso em áreas internas é enorme, isso para atender às mais distintas necessidades. “Existem mais de dois mil tipos de pedras voltadas para área interna. Então, quando um cliente chega, precisamos fazer um filtro para selecionar o material ideal de acordo com o uso, com a cor de preferência, a estimativa de custo e tudo o mais que for relevante”, conta Marcelo Milagre, diretor de marmoraria.

O diretor afirma que a escolha do revestimento para o exterior das residências necessita que se tenha em mente algumas características. “Eles precisam ser antiderrapantes, para oferecer segurança e serem resistentes, já que estarão expostos a variações do tempo”, enfatiza Marcelo. Para a arquiteta, o que será determinante nesse caso é a escolha do acabamento. “Os mármores e granitos podem ficar muito bem em áreas externas, desde que o acabamento seja jateado ou flameado”. Marcelo completa informando que alguns tipos de pedra ficam ótimos para área externa quando acidadas.

Para fazer uma escolha certeira, tanto em termos de estética, quanto em funcionalidade, e ainda harmonizar o interior e o exterior do projeto, é possível optar por “pedras coringas”, capazes de atender ambas as necessidades. “No mercado, é possível encontrar pedras que possuem textura apropriada para áreas externas e que tem aparência adequada para interiores”, finaliza a arquiteta.

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016