Feira Brasileira de Móveis e Acessórios de Alta Decoração revela requintes

Pequenas inovações, mas em quantidade, injetam novo ânimo no universo da decoração brasileira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/08/2013 10:32 / atualizado em 14/08/2013 10:18 Maria Júlia Lledó /Correio Braziliense
São Paulo - Misture pitadas de cor, três xícaras de design e uma colherada de bom humor. Essa foi a receita apresentada na 16ª edição da Feira Brasileira de Móveis e Acessórios de Alta Decoração (Abimad), que ocorreu em São Paulo na última semana. Voltada exclusivamente para lojistas, ela reuniu 104 expositores de todo o país e apresentou novidades em móveis e objetos de decoração que vão adornar muitas vitrines até o fim do ano. Otimista quanto a essa edição, Michel Otte, presidente da Abimad, observa uma crescente valorização do produto nacional aos olhos de compradores de outras partes do mundo que vêm conhecer o evento. A Revista esteve por lá e selecionou algumas tendências para renovar a sua casa.

A repórter viajou a convite do evento

Veja a galeria de fotos

Pastelaria

Urban/Divulgação


Poltrona rosa e quadro
A Urban (SP) investe nessa paleta de cores tanto em móveis quanto em objetos decorativos

Butzke/Divulgação


Cadeiras
Tradicional empresa moveleira, a Butzke (SC) aposta em uma linha de cadeiras, bancos e banquetas em madeira laqueada em tons pastéis — as peças são assinadas por designers

Pelas paredes

Maria Júlia Lledó/CB/D.A.Press


Cartazes
Letras de música, frases de amor e outras mensagens permanecem como tendência em placas de madeira ou de ferro. Acima, exemplos da Germania (RS)

Maria Júlia Lledó/CB/D.A.Press


Pratos
A arte estampa a frente e o verso dos pratos da 6F Decorações (SP). Pelo visto, esses artigos de louça não devem sair das paredes tão cedo

Estamparia

Lescoussins/Divulgação


Almofada
O grafismo também está em alta nos lançamentos da Les Coussins (SP)

É o bicho

Artesoficios/Divulgação


Pássaro
Esculturas de aves — como corujas e pássaros —, a exemplo dessa peça da Artes & Ofícios (PE), também exploram a fauna dentro de casa

Maria Júlia Lledó/CB/D.A.Press


Cachorro
O bom humor desta figura decorativa, um cachorro com headphones, da Urban (SP)

Novos suportes para a arte

Ateliê Silvia Heringer/Divulgação


Almofada e pufes

A arte continua a se manifestar em diferentes suportes na decoração, seja em louças, poltronas, seja em outros objetos que reproduzem grandes obras de artistas consagrados. Dessa vez, pufes e almofadas estampam a obra do artista luso-goiano Antonio Poteiro, em edição limitada. A novidade foi apresentada pela empresa Silvia Heringer (GO) em parceria com o Instituto Antonio Poteiro. A coleção abrange 21 modelos de estampas, cuja tiragem inicial é apenas de cinco para cada. O comprador ainda recebe um certificado de autenticidade com o selo do instituto. Em veludo ou linho, o produto deve chegar ao mercado por R$ 700 (a almofada) e por R$ 1.600 (o pufe).

Tags: mais

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016