Ladrilhos hidráulicos são sustentáveis e propõem criatividade na montagem

Peças podem ser aplicadas como azulejo ou piso e podem incorporar a tendência do patchwork na hora da montar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 14/08/2013 08:12 / atualizado em 12/08/2013 16:23 CorreioWeb /Lugar Certo
Peças e combinações de ladrilhos hidráulicos podem ser aplicadas como azulejo ou piso em diversos ambientes - Monique Renne/Esp. CB/D.A Press Peças e combinações de ladrilhos hidráulicos podem ser aplicadas como azulejo ou piso em diversos ambientes
 
 
O ladrilho hidráulico é uma opção no mercado para reinventar ambientes de forma descontraída, através da criatividade. O revestimento é disposto como mosaicos e sua fabricação é artesanal, desde o processo da mistura dos pigmentos até a criação e aplicação das formas e estampas. A união de uma infinidade de cores e desenhos que permitem deixar qualquer área da sua casa ou escritório com uma decoração diferenciada e exclusiva é também uma forma de brincar com possibilidades e formas.

As peças e combinações de ladrilhos hidráulicos podem ser aplicadas como azulejo ou piso em banheiros, varandas, cozinhas, salas, pilares e mesas. A tendência que acompanha as peças é a proposta de fazer uma colagem com vários ladrilhos de cores e desenhos diferentes, em áreas limitadas ou em paredes inteiras. Essa prática é chamada de patchwork, sendo realizado, basicamente, da forma como os que são feitos com retalhos de tecido. O arquiteto Mario Catani explica que a técnica é uma composição que reúne tamanhos, cores e padrões aleatórios para definir um painel que dá personalidade e energia ao lugar. "É um jeito diferente de dar cor ao ambiente, de conferir um ar mais rústico ao espaço", afirma.

No patchwork é necessário imaginar uma composição, uma dica do arquiteto é antes de instalar os ladrilhos, colocá-los em cima do piso e fazer um mapeamento, escrevendo números no verso de cada peça, para que a instalação reproduza corretamente a ideia que pretende expressar. Outra opção seria fotografar peça por peça e fazer uma montagem no computador, aplicando-a sobre a foto do espaço para ver o resultado final. O patchwork permite maior liberdade na seleção dos estilos, por não ter um padrão definido, o que possibilita formas distintas de montagem e criação.

Monique Renne/Esp. CB/D.A Press
Sustentabilidade


Além disso, o revestimento tem caráter ecológico, uma vez que não consome energia quando produzido e não emite gases, já que não é queimado em fornos. De acordo com o arquiteto, para manter o valor estético das peças é importante pensar na sua conservação. “Vale a pena investir em ladrilhos que já venham impermeabilizados, protegidos de infiltrações e de umidade, para que se evite manchas e desgastes”, sugere Catani. Se forem aplicados em áreas externas, como calçadas, por exemplo, a camada protetora não é necessária.

A manutenção é simples, para limpeza basta realizar lavagem com sabão neutro e aplicar cera incolor em pasta. Outra dica do arquiteto é instalar os ladrilhos na etapa final da obra, levando sua consideração sua fragilidade, o que evita que as peças se sujem ou quebrem durante o processo.

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016