Coringa, a madeira rende revestimentos de luxo em qualquer ambiente

Clássica, a madeira é importante para compor a decoração de diversos ambientes, que se tornam mais aconchegantes e acolhedores

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/11/2013 08:05 / atualizado em 19/11/2013 09:47 Lugar Certo /Folha de Londrina
Divulgação/Gustavo Xavier
 
 
A madeira nunca sai de moda. Clássica, ela é elemento importante na composição de diversos ambientes, tornando-os mais bonitos e elegantes. Além de aquecer os espaços, esse material produz a sensação de aconchego. A essas qualidades, juntam-se outras quando a madeira é empregada como revestimento de paredes, o que torna seu uso praticamente uma regra aos que procuram personalização em grande estilo.

"O apelo estético da madeira é forte e nos remete à tradição de luxo brasileira. Ela é sinônimo de brasilidade", conta a arquiteta Estela Netto. Para Marina Dubal, arquiteta do escritório DAD Arquitetura, esse material possui características que outros não possuem, por isso, é o revestimento de parede mais indicado para quem não abre mão de sofisticação. "A textura de um elemento natural, como a madeira, proporciona um pano de fundo neutro para qualquer decoração. A durabilidade também é significativamente superior a qualquer revestimento sintético", esclarece a profissional.
 
Atualmente, no mercado de arquitetura e decoração, existem tipos de madeiras que são mais especificadas para revestir paredes. "No momento, a tendência é usar o compensado revestido por lâminas de madeiras naturais, nacionais e importadas, como carvalho, nogueira, peroba, pau-ferro, entre outras possibilidades", explica Marina. A arquiteta destaca ainda que os tons mais utilizados são os de café, mel, palha e os ebanizados. Estela completa: "O importante é combiná-los com cores claras e vegetação natural. Cai muito bem, não tem erro".

A arquiteta Renata Basques, que também é adepta ao uso da madeira como revestimento, faz algumas sugestões sobre as formas de aplicação do material. "Em um dos meus projetos de sala de jantar, por exemplo, usei a madeira em toda a altura da parede, camuflando as portas. O resultado ficou sóbrio e discreto, permitindo que o restante da decoração se destacasse. Já para um outro projeto de sala de estar, fiz um jogo de nuances. Como especifiquei para o ambiente bancos de freijó tonalizado e mesa de centro de freijó natural, optei por propor para a parede o freijó lavado. O resultado dos dois projetos agradou em cheio", salienta.
 

Tags: imóveis

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016