Torre de eletrodomésticos torna cozinhas práticas e elegantes

Com proposta funcional, as torres de eletrodomésticos organizam a cozinha para o dia-a-dia e para protagonizar confraternizações entre familiares a amigos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/01/2014 08:04 / atualizado em 03/01/2014 14:01 CorreioWeb /Lugar Certo
O módulo vertical ajuda na organização do espaço, na disposição elétrica e na praticidade de cozinhar - Divulgação/Laura Santos O módulo vertical ajuda na organização do espaço, na disposição elétrica e na praticidade de cozinhar
 
 
Compor a cozinha com todos os eletrodomésticos necessários, levando em consideração a elegância e organização é um desafio. Uma tendência que pode solucionar a disposição dos eletrodomésticos de forma funcional é a criação de torres de cozinha. A proposta é capaz de otimizar espaços e tornar o dia-a-dia no ambiente mais agradável e prático.

“Uma torre recebe os eletrodomésticos e setoriza as funções de acordo com o uso. Assim a atividade de cozinhar se torna mais prazerosa e simples”, explica a designer de interiores Laura Santos, que já apostou na ideia em um de seus projetos. “Criei uma torre com forno, que é apropriado para embutir e, abaixo, criei nichos projetados para encaixar o microondas e a máquina de lavar de louça”, conta Laura.

O arquiteto Luís Fábio Rezende de Araújo, também é adepto da tendência e aponta a possibilidade de fazer algumas variações nessa estrutura. “Geralmente, coloco forno elétrico, forno de microondas e outro nicho para guardar outros acessórios como torradeira, liquidificador ou até mesmo embutir adegas”, sugere.

O importante é estar atento a alguns fatores, como a altura do forno, já que o diferencial deste tipo de estrutura é justamente tirar o eletro da parte inferior. “A ideia é que o forno esteja na altura do olhar, assim não é necessário se abaixar para ver se o alimento já está pronto. Outra facilidade é retirar o alimento de forma mais segura”, avalia Laura.

O módulo vertical ajuda na organização do espaço, na disposição elétrica e na praticidade de cozinhar. “Qualquer cozinha pode ter este tipo de torre. Para as cozinhas mais espaçosas ou gourmet, integradas ou não ao living ou sala de jantar, as torres podem ser executadas na forma de estante, dando continuidade à decoração do ambiente”, explica Luís.
 
Divulgação/Luís Fábio Rezende de Araújo
 

Tags: brasil

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016