Luminárias pendentes e coloridas são destaque na decoração contemporânea

Pendentes coloridos caíram na graça de designers de interiores, decoradores e arquitetos e são destaque na decoração. Eles realçam o ambiente e conferem ar despojado e moderno

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 25/02/2015 08:02 Lilian Monteiro /Estado de Minas
Divulgação


Peça ideal na composição de espaços, os pendentes coloridos estão em alta. Os clientes pedem e os profissionais estão loucos para usar. Casamento perfeito. Peça ideal para chamar a atenção da área que deseja valorizar e quebrar a estética muito certinha. Modernos, clássicos ou luxuosos, o certo é que eles carregam um ar arrojado e caracterizam um toque pessoal, já que são perfeitos para criar um ambiente exclusivo. Eles dão vida a qualquer espaço.

A designer de interiores Laura Santos diz que as luminárias pendentes, além de iluminar, exercem várias funções no espaço. “Quando dispostas na mesma altura, sobre uma bancada, por exemplo, sua função é demarcar esse espaço. Além disso, quando colocadas dessa forma, proporcionam ao espaço certo requinte. Agora, se a intenção é descontrair o ambiente, usar luminárias pendentes em alturas diferentes é o mais indicado. Para esses casos, é importante que elas estejam próximas umas das outras. Dessa forma, cria-se uma ideia de unidade, ousadia, e não de bagunça.”

Divulgação


Lorenza Bruneli, designer de interiores e consultora da Telhanorte Uberlândia, garante que os pendentes coloridos combinam com todos os ambientes da casa. No entanto, é preciso ficar atento à decoração do espaço, “que não deve ser sobrecarregado com adereços e ornamentos multicoloridos, já que podem causar um cansaço visual. Em paredes revestidas com cores quentes, por exemplo, a dica é optar por pendentes com cores frias, evitando que duas cores vibrantes cansem. Já em espaços brancos ou com tons claros e neutros, o consumidor pode ousar com pendentes em tons quentes, criando um contraste na medida certa”.

Leia mais notícias em Decoração

A designer explica que existe uma infinidade de peças em materiais diferentes disponíveis em grandes homecenters. “Entre os principais, destacam-se os pendentes de acrílico, silicone, alumínio, vidro e tecido. Para fazer a melhor escolha, é preciso verificar o local onde o produto será instalado. Em cozinhas, os estilos arredondados produzidos em alumínio e vidro são mais indicados por serem resistentes a gorduras e fumaças, além de fácil manutenção. Já os modelos de silicone, acrílico e tecido são indicados para salas, quartos e banheiros.”

PARA CAIR BEM Mesmo na moda, com todo mundo colocando, há dúvidas sobre o que levar em conta na hora de escolher um modelo e mesmo como instalar, questão da altura, por exemplo, ou o número de peças. “O pendente deve se adequar à composição do ambiente. Nesse caso, é preciso levar em consideração o tamanho e a sua função decorativa. Ou seja, se a ideia é criar um espaço intimista, é possível utilizar peças pequenas com pontos de luz nas extremidades. Esse estilo cai muito bem em salas e quartos, locais onde a iluminação é moderada. Mas quando o objetivo é iluminar o ambiente, a peça deve ser o destaque. Dessa forma, a dica é utilizar pendentes maiores e com luminosidade intensa. Essa alternativa combina com cozinhas, em cima de bancadas ou salas de estar.”

Divulgação


Se a ordem é investir nos modelos coloridos, Lorenza ensina como não exagerar, errar na mistura de tonalidades ou mesmo na ousadia de materiais e texturas. A tendência é bacana, mas, se errar a mão, a estética cai por terra. “O ambiente não precisa ser neutro se o pendente for colorido, mas é preciso ter cautela ao utilizar cores para que o ambiente não fique exagerado e cansativo.” A combinação de texturas e peças coloridas também demanda um cuidado especial. Nesse caso, a dica é compor o ambiente com cores frias e os pendentes com cores vibrantes e quentes. Lorenza ressalta que os pendentes podem ser usados em qualquer ambiente da casa. “Com a infinidade de peças, cores e formatos existentes no mercado, há pendentes para todos os gostos. Basta uma dose de criatividade e ousadia para compor um espaço personalizado e moderno.”

Divulgação


POR QUE VALE INVESTIR?
» Quebra a seriedade do ambiente
» Personaliza bem o espaço
» Há cúpulas de diferentes materiais e texturas: alumínio, vidro, aramado, aço escovado, PVC, ferro envelhecido, corda e tecido trançado
» É de fácil composição e, por isso, fica legal em qualquer ambiente
» Tem modelos com design ousado, para quem curte um estilo moderno, contemporâneo ou mesmo futurista
» Se preferir, há modelos com estampas. Cúpulas revestidas de tecido com motivo floral, geométrico, listras, bichinhos...
» Se o que importa é o requinte, há peças luxuosas de cristal
» Tem as peças artesanais. Uma boa ideia são os pendentes com escorredor de macarrão no lugar da cúpula. Toque inusitado para ser o destaque da cozinha.

Anúncios do Lugar Certo

Outros artigos

ver todas
05 de outubro de 2016
26 de setembro de 2016
23 de setembro de 2016