Secretário de Habitação rebate as críticas contra o plano urbanístico do DF

Geraldo Magela afirma que o assunto vem sendo amplamente debatido há quatro anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/03/2014 09:55 / atualizado em 19/03/2014 11:08
Magela criticou alguns membros que se esforçaram para retirar o PPCub - Marcelo Ferreira/CB/D.A Press Magela criticou alguns membros que se esforçaram para retirar o PPCub
Uma das principais críticas dos opositores ao encaminhamento do PPCub diz respeito ao tempo curto que o Conplan teve para analisá-lo. Após ficar suspenso por meses, o colegiado foi recomposto e fez a primeira reunião com nova formação na semana passada.

Entretanto, o secretário de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano (Sedhab), Geraldo Magela, afirma que o assunto vem sendo amplamente debatido há quatro anos. “Fizemos mais de 10 audiências públicas com a comunidade, mais de 100 reuniões. É absurdo dizer que não houve tempo”, rebateu.

Ele criticou a postura dos conselheiros que se retiraram do debate. “As reclamações são absolutamente improcedentes. Eles participaram de todas as reuniões, inclusive daquelas feitas antes da criação do grupo técnico após a suspensão do Conplan”, afirmou.

Magela devolveu as críticas afirmando que alguns membros se esforçaram para que o PPCub fosse retirado da votação. “Tentaram procrastinar a votação. Mais de 90% das sugestões que eles fizeram foram acatadas nas alterações do PPCub”, disse. Quanto aos pontos considerados polêmicos, como a 901 Norte e a Quadra 500 do Sudoeste, o secretário garantiu que a proposta está embasada juridicamente e andará em acordo com as normas estabelecidas pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

“O texto estabelece que, depois da aprovação do PPCub, o governo e o Iphan apresentem, em um ano, um projeto especial de urbanismo para a 901 Norte. No caso da Quadra 500 do Sudoeste, temos decisões judiciais que reafirmam se tratar de área habitacional”, explicou.

Composição do Conplan (titulares)

Presidente: Agnelo Queiroz - governador

Geraldo Magela - Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano

Lúcio Taveira Valadão - Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural

Hamilton Pereira da Silva - Secretaria de Cultura

Hermano Gonçalves Carvalho -
Secretaria de Desenvolvimento Econônomico

Adonias Reis Santiago - Secretaria de Fazenda

David de Matos - Secretaria de Obras

Paulo Antenor de Oliveira - Secretaria de Planejamento e Orçamento

José Walter Vazquez - Secretaria de Transportes
Ralcilene Santiago da Frota - Secretaria de Regularização de Condomínios

Swedenberger Barbosa - Casa Civil do DF

Abdon Henrique Araújo - Companhia Imobiliária de Brasília (Terracap)

Eduardo Brandão - Secretaria de Meio Ambiente

Júlio Miragaya - Companhia de Desenvolvimento do Planalto Central (Codeplan)

Benny Schvarsberg - Universidade de Brasília

Flávio Correia Sousa - Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do DF (Crea)

Thiago de Andrade - Instituto dos Arquitetos do Brasil

Alberto Alves de Faria - Conselho de Arquitetura e Urbanismo do DF
Paulo Roberto de Morais Muniz - Associação de Empresas do Mercado Imobiliário do DF

Júlio César Pires - Sindicato da Indústria de Construção Civil do DF

Deusimar de Jesus Lima - União Nacional por Moradia Popular do DF

Sigefredo Nogueira de Vasconcelos - Central de Movimentos Populares do DF

Adjânio Francisco dos Santos - Movimento Nacional de Luta por Moradia do DF

Francisco Erto Carvalho de Araújo - Federação das Associações de Moradores e Inquilinos de Brasília e Região do Entorno

Júnia Bittencourt - União dos Condomínios Horizontais e Associações de Moradores do DF


Tags: brasil

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
18 de outubro de 2018
15 de outubro de 2018
14 de outubro de 2018
11 de outubro de 2018
09 de outubro de 2018