Feirão da Caixa começa hoje com previsão de negociar 10 mil unidades

Iniciativa promete aquecer o setor, segundo representantes da área

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 16/05/2014 10:07 Camila Costa /Correio Braziliense
Serão três dias de evento, que já ocorre há nove anos em Brasília: negócios podem passar de R$ 1 bilhão no fim de semana - Monique Renne/Esp. CB/D.A Press Serão três dias de evento, que já ocorre há nove anos em Brasília: negócios podem passar de R$ 1 bilhão no fim de semana


A coordenadora de negócios de distribuição Paula Camargo, de 33 anos, dividia um sonho com milhões de brasileiros: sair do aluguel. Ela conseguiu no ano passado. “Nunca achei que conseguiria, até porque não sabia nem por onde começar”, lembra, agora com uma nítida sensação de liberdade. O caminho que Paula achou vai recomeçar hoje, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade. Até o ano passado, ela só olhava jornais e panfletos, quando decidiu conferir o Feirão da Casa Própria da Caixa Econômica Federal. A iniciativa vai até domingo: hoje e amanhã, das 10h às 21h, e no último dia, das 10h às 20h.

“Lá, eu achei pessoas que me ajudaram, fizeram a simulação, o financiamento foi aprovado e pronto”, contou. Ela e a filha estão em um apartamento novo, em Samambaia. “O que eu mais gosto é poder fazer o que eu quero na minha casa, mudar, mexer e deixar com minha cara. Além disso, a grande motivação para tudo isso é poder deixar o imóvel para minha filha. É um investimento”, revela Paula. Nos três dias de evento, o consumidor terá à disposição 40 construtoras e cerca de 50 correspondentes habitacionais, além de 40 imobiliárias. São mais de 30 empreendimentos novos com unidades em oferta. A previsão inicial da Caixa é de que o número de imóveis ofertados ao longo do feirão seja superior a 10 mil.

No ano passado, foram assinados e encaminhados 6.795 mil negócios, o equivalente a mais de R$ 1,1 bilhão. “É uma boa oportunidade. Existe toda uma estrutura lá e o maior agente financiador do país. Tem como aprovar financimento na hora, fazer a simulação e, além disso, com valores abaixo dos praticados no mercado”, afirmou o presidente do Sindicato da Habitação (Secovi) do DF, Carlos Hiram.

A matéria completa está disponível aqui, para assinantes. Para assinar, clique aqui.

Tags: aumenta

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
15 de novembro de 2018
13 de novembro de 2018
12 de novembro de 2018
08 de novembro de 2018
04 de novembro de 2018