Tecnologia na construção civil reduz custos e torna setor mais competitivo

Com o desenvolvimento de sistemas de gerenciamento, as construtoras aumentam a produtividade, otimizam o tempo e provocam a competitividade no setor

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 25/09/2014 08:28 / atualizado em 26/09/2014 12:12 CorreioWeb /Lugar Certo
HANDOUT


Não é de hoje que smartphones, notebooks, tablets, computadores e aparelhos de TV, cada vez mais modernos, se tornaram dispositivos fundamentais na rotina pessoal e profissional. De acordo com uma pesquisa realizada pela Accenture, multinacional responsável por consultoria de gestão, o Brasil aparece como o segundo maior consumidor de equipamentos eletrônicos do planeta, atrás apenas da China. Esse número representa o país em diversos setores, como a construção civil.

Profissionais como arquitetos e engenheiros têm se beneficiado com gadgets capazes de gerenciar e compensar a falta de mão de obra no setor. “As pessoas, de uma maneira geral, têm usado, cada vez mais, aparelhos pessoais para fins profissionais. Com isso, elas podem aumentar a produtividade e otimizar o tempo. Também é possível utilizá-los como ferramentas de colaboração e gestão corporativa”, explica o diretor da Mega Construção, Giovanni Sugamosto.

De acorco com Sugamosto, com o recuo da economia brasileira, encontrar soluções logísticas ou tecnológicas tem sido primordial para quem deseja se manter competitivo e atuante no mercado. “A redução de custos operacionais, assim como a implementação de controles mais precisos ajuda a acelerar todo o processo que cerca o setor da construção”, explica.

Um levantamento feito pelo Sindicato das Indústrias da Construção Civil (Sinduscon), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), comprova isso. Na pesquisa, a constatação é que 60% dos empresários do setor da construção têm planos de investimento em tecnologia. “As soluções desenvolvidas permitem a administração de informações relacionadas ao controle de produção, qualidade e inspeção, além de segurança e controle de materiais. Todos estes dados são recolhidos em tempo real e são integrados aos sistemas das construtoras e empreiteiras. Ao optar por um sistema de gestão completo, incluindo mobilidade e suporte para o dia a dia das corporações, o gestor pode concentrar sua atuação no desenvolvimento de ações estratégicas”, finzaliza o diretor.

Tags: méxico

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
15 de novembro de 2018
13 de novembro de 2018
12 de novembro de 2018
08 de novembro de 2018
04 de novembro de 2018