IGP-M tem inflação de 0,51% na primeira prévia do mês de novembro

A alta da taxa foi puxada pelos preços no atacado e pelo custo da construção civil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 10/11/2014 13:00 Agência Brasil
O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), usado no reajuste dos contratos de aluguel, teve inflação de 0,51% na primeira prévia de novembro. A taxa é superior à deflação (queda de preços) de 0,07% na primeira prévia de outubro. Com o resultado preliminar de novembro, o IGP-M acumula taxas de 2,57% no ano e 3,18% no período de 12 meses.

A alta da taxa foi puxada pelos preços no atacado e pelo custo da construção civil. Os preços no atacado, medidos pelo subíndice de Preços ao Produtor Amplo, passou de uma deflação de 0,24% em outubro para uma inflação de 0,65% em novembro.

Já a inflação do Subíndice do Custo da Construção, que mede o custo dos materiais e da mão de obra, passou de 0,09% para 0,16% no período.

Os preços no varejo, medidos pelo subíndice de Preços ao Consumidor, tiveram uma queda da taxa de inflação, ao passar de 0,3%, na prévia de outubro, para 0,29% na prévia de novembro. A primeira prévia do IGP-M é calculada com base em preços coletados entre os dias 21 e 31 do mês anterior.

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
13 de novembro de 2018
12 de novembro de 2018
08 de novembro de 2018
04 de novembro de 2018
03 de novembro de 2018