Empresa projeta fazendas flutuantes para produzir toneladas de alimentos

As Smart Floating Farms possibilitam o fornecimento de alimentos orgânicos frescos, com uma produção sustentável

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/06/2015 08:45 / atualizado em 01/06/2015 11:18 CorreioWeb /Lugar Certo
Divulgação


Uma empresa de arquitetura de Barcelona (Espanha) criou uma solução para a falta de espaço para a produção de alimentos. O projeto da Forward Thinking Architecture consiste em uma fazenda flutuante movida a energia solar, dedicada à produção de verduras, legumes e peixes, batizada de Smart Floating Farms (“Fazendas Flutuantes Inteligentes”, em português).

Leia mais notícias em Últimas

A proposta foi inspirada em criações de peixes da China, que têm estruturas flutuantes também. O objetivo das fazendas inteligentes é possibilitar o fornecimento de alimentos orgânicos frescos, com uma produção sustentável e automatizada. Elas poderiam ser construídas em alto mar ou em áreas alagadas, próximas às cidades, com o uso de energia solar, plantio hidropônico e aqüicultura para os peixes.

Divulgação


A estrutura de uma fazenda tem 209 mil metros quadrados, dividida em três andares. No primeiro, ficam localizados os pontos de água, piscinas para criação dos peixes e uma usina de dessalinização. O segundo será o espaço dedicado ao cultivo de hidropônicos, sistema de irrigação e central de controle de microclima. E no último piso, uma usina fotovoltaica, para produção de eletricidade.

Em um ano, uma fazenda tem capacidade para produzir 8.152 toneladas de alimentos e 1.703 toneladas de peixes. Além disso, os arquitetos responsáveis planejam o reaproveitamento de resíduos orgânicos, captação de água da chuva e uso de energia eólica.

Morar sobre as águas

Além de serem dedicadas para produção de alimentos, estruturas flutuantes podem abrigar moradias. Um exemplo disso é o conjunto "Drijf in Lelystad", que consiste em oito moradias flutuantes para uma comunidade de oito famílias em Lelystad, na Holanda. Após morar em residências que imitavam barcos durante a infância, o grupo sonhava em viver novamente sobre os rios.

Eles formaram a associação "Drijf en Lelystad"e pediram a um escritório de arquitetura o projeto de oito casas flutuantes diferentes, mas coincidentes. Confira abaixo as fotos das casas holandesas que têm um rio no quintal:

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
18 de outubro de 2018
15 de outubro de 2018
14 de outubro de 2018
11 de outubro de 2018
09 de outubro de 2018