Por dentro do mercado

Fique sabendo o que rola no meio imobiliário em Minas e no Brasil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/12/2018 07:00 / atualizado em 30/11/2018 17:43 Estado de Minas
Jomar Bragança/Divulgação
EPO
Oportunidade de investimento

Durante todo o mês de dezembro, o Grupo EPO realiza a ação “Chance Única EPO”, que vai oferecer excelentes oportunidades para quem deseja morar e/ou investir, com opções em localizações privilegiadas de Belo Horizonte. São imóveis de alto padrão, com selo de qualidade da construtora ou “Selecionados EPO” – produtos resultantes de negociação para a venda de imóveis próprios, que são vistoriados e selecionados pessoalmente, com toda a cautela, pelos consultores da empresa. A ação conta com empreendimentos residenciais e comerciais, com mais de 50 oportunidades e uma tabela especial de preço. O comprador poderá negociar o parcelamento diretamente com a construtora, podendo escolher entre 12 vezes fixas, 24 vezes ou até 36 vezes com correções. Além disso, a campanha oferece o IPTU e o condomínio de 2019 totalmente pagos. “Temos grande diversidade de imóveis com ótimas oportunidades. Unidades prontas para morar ou para trabalhar em lugares de excelente qualidade, com localizações de fácil acesso. Vamos trabalhar com condições exclusivas de negociação para o período, que é um diferencial no mercado imobiliário de luxo”, comenta Marcelo Carvalho, gerente comercial da EPO

Interface Comunicação/Divulgação
PATRIMAR 
Empreendimento em bairro tradicional de BH

O Grupo Patrimar finalizou as obras do Villaggio Gutierrez dentro do prazo determinado. Situado na Rua André Cavalcanti, no Bairro Gutierrez, um dos mais tradicionais de Belo Horizonte, o empreendimento tem torre única, com apartamentos de 4 quartos, 3 e 4 vagas de garagem e lazer completo, num total de 52 unidades. Além da excelente localização, próximo a todo tipo de comércio, o Villaggio Gutierrez conta com instalações modernas e seguras. Com projeto arquitetônico da Farkasvölgyi, o residencial tem hall social privativo, varanda gourmet integrada com a cozinha, suíte máster com closet e coberturas entregues com churrasqueira, deque e piscina. A segurança do prédio é monitorada por circuito interno de câmeras, além de guarita com porteiro 24 horas. Com espaço de sobra, o prédio tem várias opções de lazer para agradar a todos. Para quem gosta de receber os amigos e familiares, o edifício conta com salão de festas e espaço gourmet equipado, ambos com terraço. Para os atletas, o prédio tem academia, piscina climatizada com raia e quadra poliesportiva. E para as crianças se divertirem, a área de lazer conta com piscina infantil, prainha, espaço kids, pista de velotrol, miniquadra e playground. Pensando no bem-estar de seus clientes, a Patrimar incorporou aos seus projetos, com base em conceitos sustentáveis, inovador sistema hidráulico para controle e medição da água e reaproveitamento de recursos nas áreas comuns. Além desses diferenciais, o empreendimento também conta com a tecnologia do Patrimar Access, por meio da qual os clientes podem reservar espaços nas áreas comuns e informar ao porteiro sua chegada ao prédio com apenas um toque no smartphone.

CONSTRUÇÃO CIVIL
Quanto menor o impacto, melhor

Quanto menos impacto o produto ou serviço causar, melhores resultados os usuários terão. Esse tem sido o lema de uma boa parcela das pessoas que realizam obras ou investem no mercado da construção civil. De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), apesar de o Produto Interno Bruto (PIB) crescer 0,2% no 2º trimestre de 2018, a construção civil recuou 0,8%. Empresários que atuam na área apontam para mudança de comportamento por parte dos consumidores. Para o diretor comercial da empresa Ecogranito, Renato Las Casas, o período de crise vivido no Brasil ajudou nessa transformação dos hábitos dos usuários, tendo em vista que os clientes passaram a procurar opções de materiais e serviços que possibilitassem economia mais ampla. “Antes, percebíamos que, na maioria das vezes, o ponto observado com maior rigor pelos consumidores era o preço. Hoje em dia, a economia engloba, além de valores, outros aspectos, como o tempo despendido, benefícios e impacto ambiental”, aponta Renato. A preocupação com o futuro do planeta está tão em evidência que seus reflexos já podem ser notados no âmbito da construção civil. Segundo o órgão internacional Green Building Council (US GBC), o Brasil ocupa a quarta posição no ranking mundial de construções sustentáveis. Por ser responsável por alto consumo de recursos naturais, o avanço do setor sustentável é de extrema importância, para que haja a diminuição dos impactos negativos para as gerações futuras.

MRV
Investimento verde

MRV/Divuçgação

Mais de 36 mil mudas foram plantadas pela MRV Engenharia no terceiro trimestre de 2018. Esse número equivale a quase 84% da totalidade plantada pela construtora no primeiro semestre do ano, quando somaram mais de 44 mil árvores plantadas. De janeiro a setembro, os investimentos para a ação passaram dos R$ 4 milhões. No Norte e Nordeste do país (Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe) ocorreu o maior número de plantio entre julho e setembro, com 14.601 mudas. Em seguida está a Região Sul, com os estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. As regionais Campinas, Ribeirão Preto e Centro-Oeste somam mais de 11 mil árvores, enquanto cerca de 3 mil já estão crescendo nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo.

SME
Evento de engenharia

O “CEOS Engenharia 2019 – Os desafios da reconstrução” será realizado sexta-feira, no centro de convenções da Sociedade Mineira dos Engenheiros (SME). Serão analisados o cenário brasileiro frente aos resultados das eleições e os desafios da infraestrutura. Além disso, os participantes vão discutir o papel das empresas na retomada dos investimentos, redefinir a participação do estado na retomada da economia e debater proposta para o próximo governo de Minas Gerais. O evento contará com a participação de CEOs das empresas MRV, Ferrous, Andrade Gutierrez, Infraero, Localiza e Fiemg, além do vice-governador eleito, Paulo Brant. Informações no https://www.sympla.com.br/ceos-da-engenharia-2019__409403.

LAFAETE
Revitalização de portos brasileiros


A Lafaete está atuando na revitalização e na construção de três grandes portos brasileiros, localizados em Santos (SP), São Luís e Salvador. A empresa foi contratada pelas organizações vencedoras das licitações nos referidos estados e é a responsável pela locação de equipamentos e pelo fornecimento de módulos habitacionais para as obras. Em São Luís, a Lafaete oferece suporte desde o início de outubro, com a locação de máquinas para a construção do primeiro porto do município. O serviço é oferecido pela filial da empresa na cidade, fundada há 10 anos. Ao todo, foram contratados seis rolos compactadores, um trator agrícola, quatro basculantes e um caminhão-pipa. Os equipamentos serão liberados de acordo com as demandas da construtora, que desenvolverá projetos de terraplanagem e de construção civil. O contrato com a Lafaete tem prazo inicial de três meses, prorrogáveis por até dois anos. Segundo Wilson Viana, gerente comercial nacional da Lafaete, a empresa foi escolhida em função de suas vantagens competitivas em relação ao mercado. “A Lafaete oferece grande leque de máquinas, com mix de equipamentos muito grande. O preço, o atendimento e a manutenção proporcionados pela empresa também são grandes diferenciais.” Já na capital baiana, a Lafaete atua no processo de revitalização e ampliação do Terminal de Contêineres de Salvador. Foram demandados 44 módulos habitacionais, que foram destinados para o canteiro de obras. Segundo Viana, a Lafaete foi escolhida, sobretudo, pela expertise no trabalho em grandes construções. Depois da reforma, na qual a Lafaete atuará ao longo de 18 meses, o Porto de Salvador estará apto a receptar embarcações ainda maiores que as atuais. Atualmente, o cais recebe cerca de 16 mil contêineres todos os meses, que são distribuídos por aproximadamente 40 navios. As cargas incluem equipamentos para instalação e manutenção de indústrias, além de produtos como arroz, químicos, celulose e fertilizantes. A Lafaete ainda atuará nas obras do centenário Porto de Santos, em São Paulo, considerado o maior complexo portuário da América Latina. No espaço, serão feitas reformas de recuperação e de reforço estrutural de um dos cais do terminal, com quase 2 mil metros de extensão. Com filial em São Paulo, a Lafaete fornecerá, durante os 14 meses da obra, 65 módulos, que comportarão vestiário, refeitório, sanitário, escritório, laboratório e almoxarifado do canteiro de obras.

Últimas notícias

ver todas
16 de dezembro de 2018
15 de dezembro de 2018
13 de dezembro de 2018
06 de dezembro de 2018
03 de dezembro de 2018