NEGÓCIOS

Programa de indicações de imóveis para aluguel gera renda extra

O projeto tem propiciado o aumento da renda mensal por meio de um valor extra adquirido. Em meio à pandemia, reforço financeiro é bem-vindo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/08/2020 16:29 / atualizado em 10/08/2020 08:02 Jéssica Mayara*
Imóveis para aluguel surgiram como uma forma de renda extra, a partir da criação dos programas de indicações do QuintoAndar - QuintoAndar/Divulgação Imóveis para aluguel surgiram como uma forma de renda extra, a partir da criação dos programas de indicações do QuintoAndar

Cerca de R$ 2,2 milhões já foram gerados, em forma de renda extra, pelos programas de indicações de imóveis da imobiliária digital QuintoAndar, de acordo com a empresa. E isso só em 2020.

Em meio à pandemia, as plataformas surgiram como uma forma ainda mais valorizada de completar a renda, tendo em vista a crise financeira decorrente da paralisação de diversas atividades, em função das medidas de segurança.

“Esses projetos se tornaram ainda mais relevantes entre os meses de março e junho, quando muita gente teve redução no orçamento por conta da pandemia do novo coronavírus. Só nesse período, os programas pagaram mais de R$1,3 milhão em incentivos”, explica a head de marketing do QuintoAndar, Flávia Mussalem. 

Flávia elucida, ainda, que os planos de indicações funcionam em dois âmbitos diferentes, a fim de contemplar, separadamente, a população de modo geral e os profissionais da linha de frente de condomínios, como porteiros, síndicos e zeladores. Dessa forma, duas plataformas foram criadas, a IndicaAí, na qual qualquer pessoa pode se inscrever, e a Parceiros da Portaria, dedicado aos funcionários de prédios e demais condomínios. 

“Para participar do IndicaAí, basta acessar o site do programa e incluir as informações básicas de um imóvel disponível. A partir daí, entramos em contato com o proprietário e, se o imóvel for anunciado na plataforma, a pessoa que o indicou recebe R$ 100. Quando o imóvel for alugado pelo QuintoAndar, a pessoa recebe 10% do primeiro aluguel”, destaca. 
 
[BLOCKQUOTE1] 

Já no Parceiros da Portaria, o contato precisa ser feito via WhastApp, pelo número (11) 93305-8555, por porteiros, síndicos ou zeladores, indicando um imóvel disponível para locação residencial. “Posteriormente, um dos especialistas da empresa fará o contato com o proprietário e, se o imóvel for anunciado na plataforma, a pessoa que o indicou recebe R$ 100. Quando ele for alugado, o profissional recebe mais R$ 300.” 
 
Flávia Mussalem, head de marketing do QuintoAndar - QuintoAndar/Divulgação Flávia Mussalem, head de marketing do QuintoAndar
 
Mesmo se tratando de um projeto destinado a produzir renda extra para os seus participantes, a head de marketing do QuintoAndar pontua que, em alguns casos, o valor recebido no projeto se configura como a maior parte da receita.

“Essa é uma forma de renda extra, porque as indicações podem ser feitas a qualquer momento que a pessoa quiser, e o valor recebido consegue ajudar e ampliar o orçamento por meio do dinheiro recebido, mas, muitas vezes, esse valor acaba se tornando a ‘fatia’ maior da renda”, diz. 

Além do fator financeiro para quem indica o imóvel, Flávia destaca que o projeto tem sido importante para ajudar a encontrar mais imóveis disponíveis para alugar, não beneficiando somente a empresa, mas, também, aquele que está à procura de um lugar para morar. 

* Estagiária sob a supervisão da editora Teresa Caram 

Tags: Program de indicações renda extra novo coronavírus imóveis aluguel quintoandar pandemia economia

Últimas notícias

ver todas
08 de setembro de 2020
03 de setembro de 2020
19 de agosto de 2020
12 de agosto de 2020
11 de agosto de 2020